Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/3371
Type: Dissertação
Title: Validação de uma escala de percepção de dispneia e qualidade de vida para pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica
Author(s): França, Lícia Cristine Marinho 
First Advisor: Melo, Gislane Ferreira de
Summary: A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) ocasiona efeitos extrapulmonares significantes que levam à redução da capacidade funcional, socialização e bem-estar dos pacientes, acarretando como consequência implicações negativas na qualidade de vida relacionada à saúde. A dispneia é o principal sintoma associado à incapacidade e pior prognóstico, tornando-se geralmente progressiva com a evolução da doença. A avaliação da dispneia e da qualidade de vida relacionada à saúde tem sido um importante componente no tratamento dos pacientes com DPOC, e para isso o objetivo deste estudo foi construir e validar uma escala de percepção de dispneia e qualidade de vida. Inicialmente foram elaboradas duas escalas, uma chamada de escala de dispneia (EID) e a outra de Qualidade de Vida (EIQV). Depois da análise de juízes, as duas escalas foram unidas para serem aplicadas nos pacientes formando um total de 36 itens. Para a validação, por meio da análise fatorial exploratória, participaram da amostra 183 homens e mulheres com mais de 40 anos, com diagnóstico de DPOC de leve a muito grave e estáveis clinicamente. No primeiro momento da coleta, o questionário foi aplicado pessoalmente, e, após a pandemia COVID-19, foi aplicado pelo Google forms, enviado por e-mail, por solicitação em grupo de DPOC no Facebook e por meio de ligações em celular. Como primeiros resultados da análise exploratória (Software SPSS-IBM 21.0) a Escala de Qualidade de Vida apresentou KMO = 0,908 e o Alfa de Cronbach = 0,79 ficando com um total de 10 itens. Já para escala de intensidade de dispneia os valores foram de KMO = 0,890 e o Alfa de Cronbach = 0,91 ficando com um total de 08 itens. Após a conferência dos dados foram realizadas três análises fatoriais confirmatórias por meio do Software Stata, recorrendo aos índices de modificação do modelo a partir de covariâncias sugeridas pelo software, os itens demonstraram bons índices de ajustes. A partir das análises confirmatórias foi possível reduzir o instrumento de 36 itens para 15 e com a devida consistência interna. Concluiu-se que os resultados obtidos validam a utilização da escala de percepção de dispneia e qualidade de vida para pacientes com DPOC.
Abstract: Chronic Obstructive Pulmonary Disease (COPD) causes significant extrapulmonary effects, which lead to reduced functional capacity, socialization and well-being of patients, resulting in negative implications for health-related quality of life. Dyspnea is the main symptom associated with disability, reduced quality of life and worse prognosis, becoming generally progressive with the evolution of the disease. The assessment of dyspnea and health-related quality of life has been an important component in the treatment of patients with COPD, and for this purpose the objective of this study was to build and validate a scale of perception of dyspnea and quality of life. Initially, two scales were developed, one called the dyspnea scale (EID) and the other for Quality of Life (EIQV). After the analysis of the judges, the two scales were combined to be applied to patients, forming a total of 36 items. For validation, through exploratory factor analysis, 183 men and women over 40 years old, with a diagnosis of COPD from mild to very severe and clinically stable, participated in the sample. For the first moment, the questionnaire was applied in person, and after the pandemic COVID-19 the questionnaire was applied by google forms, by e-mails, by request in a COPD group on Facebook and by means of cell phone calls. As the first results of the exploratory analysis (SPSS Software), the Quality of Life Scale showed KMO = 0.908 and Cronbach's Alpha = 0.79, leaving a total of 10 items. For the dyspnea intensity scale, the values were KMO = 0.890 and Cronbach's Alpha = 0.91, leaving a total of 08 items. After checking the data, tree confirmatory factor analyzes were performed now using the Stata Software after resorting to the modification indexes of the model based on covariance suggested by the software, and the items showed good adjustment indexes. Based on confirmatory analyzes, it was possible to reduce the instrument, with 36 items to 15 and with due internal consistency. It was concluded that the results obtained validate the use of the scale of perception of dyspnea and quality of life for patients with COPD.
Keywords: Escala
Instrumento
Dispneia
Qualidade de vida
Percepção
Scale
Instrument
Dyspnea
Quality of life
Perceptio
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Programa Stricto Sensu em Educação Física
Citation: FRANÇA, Lícia Cristine Marinho. Validação de uma escala de percepção de dispneia e qualidade de vida para pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica. 2021. 83 f. Dissertação (Programa Stricto Sensu em Educação Física) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2021.
Access Type: Acesso Parcial
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/3371
Document date: 5-Mar-2021
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LiciaCristineDissertacaoParcial2021.pdfDissertação (Parcial)322.65 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.