Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/3161
Type: Dissertação
Title: Os efeitos do treinamento resistido progressivo domiciliar em pacientes com doença renal crônica
Author(s): Araújo, Thaís Branquinho de 
First Advisor: Rosa, Thiago dos Santos
Summary: Introdução: Diante o isolamento social na pandemia, foi obrigatório o desenvolvimento de protocolos de treinamento domiciliar supervisionados para manter os pacientes com doença renal crônica envolvidos em programas. No entanto, falta evidências sobre seus efeitos nos pacientes. Objetivo: Investigar os efeitos de um programa de treinamento resistido progressivo domiciliar supervisionado sobre desempenho funcional, densidade mineral óssea, função renal, saúde endotelial, inflamação, homeostase glicêmica, metabolismo, equilíbrio redox e modulação de exercínas em pacientes com DRC em estágio 2. Métodos: Os pacientes (n = 31) foram randomizados e alocados no grupo controle (CTL; n = 15; 58,07 ± 5,22 anos) ou grupo de Treinamento de Resistência (RT; n = 16; 57,94 ± 2,74 anos). O grupo TR realizou 22 semanas de exercícios de resistência progressivos supervisionados em casa. Densidade mineral óssea, medidas antropométricas e desempenho foram avaliados. Amostras de sangue venoso foram coletadas no início e após a intervenção para análise de marcadores de função renal, saúde endotelial, inflamação, homeostase glicêmica, metabolismo e equilíbrio redox. Resultados: Vinte e duas semanas de TR domiciliar foram eficazes em melhorar (P < 0,05) o desempenho funcional, densidade mineral óssea, perfil urêmico, ADMA, marcadores inflamatórios, eixo Klotho-FGF23, marcadores de homeostase glicêmica e exercínas. Essas melhorias foram acompanhadas por maiores concentrações de exercínas e citocinas antiinflamatórias. O grupo RT apresentou uma diminuição nos casos de osteopenia após a intervenção (TR: 50 % vs. CTL: 86,7 %; X2 = 4,763; P = 0,029). Conclusão: Os resultados fornecem novas evidências de que o TR progressivo domiciliar supervisionado pode ser uma intervenção relevante para atenuar a progressão da DRC e melhorar a capacidade funcional, a densidade mineral óssea e a perfil imunometabólico. Essas melhorias estão associadas à modulação positiva de várias exercínas.
Abstract: Introduction: Faced with lockdowns, it was mandatory the development of supervised homebased RT protocols to keep patients with chronic kidney disease engaged in programs. Nonetheless, there is a lack of scientific liter ature regarding its effects on patients. Purpose: To investigate the effects of a supervised home-based progressive resistance training program on functional performance, bone mineral density, renal function, endothelial health, inflammation, glycemic homeostasis, metabolism, redox balance, and the modulation of exerkines in patients with CKD in stage 2. Methods: Patients (n = 31) were randomized and allocated into the control group (CTL; n = 15; 58.07 ± 5.22 yrs) or resistance training group (RT; n = 16; 57.94 ± 2.74 yrs). RT group performed 22 weeks of supervised pro gressive home-based resistance exercises. Bone mineral density, anthropometric measurements, and functional performance were assessed. Venous blood samples were collected at baseline and after the intervention for the analysis of markers of renal function, endothelial health, inflammation, glycemic homeostasis, metabolism, and redox balance. Results: Twenty-two weeks of home-based RT were effective in improving (P < 0.05) functional performance, bone mineral density, uremic profile, ADMA, inflammatory markers, the Klotho-FGF23 axis, glycemic homeostasis markers, and exerkines. These improvements were accompanied by higher concentrations of exerkines and anti-inflammatory cytokines. RT group displayed a decrease in cases of osteopenia after the intervention (RT: 50 % vs. CTL: 86.7 %; X2 = 4.763; P = 0.029). Conclusion: Results provide new evidence that supervised home-based progressive RT may be a relevant intervention to attenuate the progression of CKD and improve functional capacity, bone mineral density, and the immunometabolic profile. These improvements are associated with positive modulation of several exerkines.
Keywords: Nefrologia
Exercínas
Prescrição de exercícios
Treinamento físico realizado em casa
Home-based resistance training
Exercise prescription
Nephrology
Exerkines
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Programa Stricto Sensu em Educação Física
Citation: ARAÚJO, Thaís Branquinho de. Os efeitos do treinamento resistido progressivo domiciliar em pacientes com doença renal crônica. 2023. 37 f. Dissertação (Programa Stricto Sensu em Educação Física) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2023.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/3161
Document date: 1-Feb-2023
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ThaisBranquinhoDissertacao2023.pdfDissertação575.14 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.