Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/3062
Type: Tese
Title: Construção e validação da escala de felicidade para idosos
Author(s): Wollmann, Patrícia Galdino de Andrade 
First Advisor: Melo, Gislane Ferreira de
Summary: Esta tese destaca o estudo da felicidade fundamentado em teorias da Psicologia Positiva, que acompanharam a evolução das pesquisas científicas. O estudo sobre felicidade e bem-estar subjetivo tem recebido cada vez mais atenção em diversas áreas de pesquisa, que enfocam sua conceituação como uma medida do construto. O objetivo desta tese foi desenvolver uma nova medida válida e precisa, adaptado à realidade e especificidades socioculturais da população idosa do Brasil. Para isto esta tese está subdividida em três estudos que se complementam. O primeiro estudo aborda uma revisão sistemática dos instrumentos desenvolvidos para a avalição de Felicidade e Bem-estar subjetivo. Foram analisados 29 instrumentos, dos quais analisou-se o objetivo, amostragem, número de fatores, confiabilidade interna e ano de conclusão. Verificou-se nesta revisão um número alto de instrumentos. Embora tenha sido observado esse alto número de instrumentos, observa-se no Brasil a ausência de instrumentos construídos especificamente para idosos. O segundo estudo teve por objetivo verificar o que é felicidade para os idosos. A fim de analisar sua compreensão sobre o construto de Felicidade e as possíveis dimensões descritas por eles. Uma análise de conteúdo das entrevistas de 305 idosos com média de idade 69,8±7,2 realizadas por meio do software IRAMUTEC®, resultou em 10 dimensões relacionadas a felicidade: sentimentos, saúde, religiosidade/espiritualidade, satisfação com a vida, lazer, autonomia, condições financeiras, altruísmo e relacionamento social e familiar. Esse resultado influencia no desenvolvimento de instrumentos objetivos para avaliar a felicidade na cultura brasileira. No último estudo teve como objetivo a construção e validação de um instrumento de Felicidade e Bem-Estar para idosos brasileiros. Este estudo foi dividido em dois momentos. O primeiro foi uma pesquisa qualitativa com 305 idosos do segundo estudo onde a partir da análise de conteúdo foram gerados de 15 a 25 itens para cada uma das 10 dimensões, os quais foram analisados individualmente pela equipe de pesquisadores, sendo selecionados os itens mais adequados para cada dimensão. Posteriormente foram enviados os fatores e seus referidos itens para a análise dos juízes, profissionais com representação significativa na área. Para avaliação dos itens e fatores, cinco juízes analisaram a clareza, relevância, precisão e inteligibilidade dos itens em uma escala tipo Likert de 5 pontos e nesta mesma avaliação foi realizada a análise de conteúdo que definiu em quais fatores os itens se enquadraram melhor. Após este processo de avaliação foi realizada análise semântica dos itens, agora submetidos a idosos de diferentes classes sociais e escolaridade para avaliar se os itens estavam claros e de fácil entendimento. Com a escala pronta foi realizado um inquérito transversal a 440 idosos do Distrito Federal com média de idade de 69,1±7,4 por meio de 88 itens para medir a felicidade da pessoa idosa. A análise fatorial exploratória revelou uma estrutura fatorial de 5 dimensões e 33 itens bem ajustada (KMO = 0,96, CFI = 0,922; TLI = 0,915; RMSEA = 0,062; SRMR = 0,068). A Escala de Felicidade para idosos avaliou as seguintes dimensões: sentimentos/satisfação com a vida, autonomia/independência, espiritualidade, relacionamento familiar e lazer. Conclui-se que a Escala de Felicidade para idosos apresenta boas propriedades psicométricas com alfa Cronbach (α) de 0,94. Estas características permitiram a construção e validação do instrumento para avaliar a felicidade em idosos do Brasil.
Abstract: This thesis highlights the study of happiness based on theories of Positive Psychology, which accompanied the evolution of scientific research. The study of happiness and subjective well-being has received increasing attention in several areas of research, which focus on its conceptualization as a measure of the construct. The objective of this thesis was to develop a new valid and precise measure, adapted to the reality and socio-cultural specificities of the elderly population in Brazil. For this, this thesis is subdivided into three complementary studies. The first study addresses a systematic review of the instruments developed for the assessment of subjective Happiness and Well-being. 29 instruments were analyzed, of which the objective, sampling, number of factors, internal reliability and year of completion were analyzed. A high number of instruments was found in this review. Although this high number of instruments has been observed, in Brazil there is an absence of instruments built specifically for the elderly. The second study aimed to verify what happiness is for the elderly. In order to analyze their understanding of the Happiness construct and the possible dimensions they describe. A content analysis of the interviews of 305 elderly people with an average age of 69.8 ± 7.2 conducted using the IRAMUTEC® software, resulted in 10 dimensions related to happiness: feelings, health, religiosity / spirituality, satisfaction with life, leisure , autonomy, financial conditions, altruism and social and family relationships. This result influences the development of objective instruments to assess happiness in Brazilian culture. In the last study, it aimed to build and validate an instrument of Happiness and Well-Being for elderly Brazilians. This study was divided into two moments. The first was a qualitative research with 305 elderly people from the second study, where from the content analysis, 15 to 25 items were generated for each of the 10 dimensions, which were analyzed individually by the research team, and the most appropriate items were selected for each dimension. Subsequently, the factors and their items were sent to the analysis of the judges, professionals with significant representation in the area. To assess the items and factors, five judges analyzed the clarity, relevance, precision and intelligibility of the items on a 5-point Likert scale and in the same evaluation, a content analysis was carried out that defined which factors the items fit best. After this evaluation process, a semantic analysis of the items was performed, now submitted to the elderly from different social classes and education levels to assess whether the items were clear and easy to understand. With the scale ready, a cross-sectional survey was carried out with 440 elderly people in the Federal District, with an average age of 69.1 ± 7.4, using 88 items to measure the elderly person's happiness. The exploratory factor analysis revealed a well-adjusted factorial structure of 5 dimensions and 33 items (KMO = 0.96, CFI = 0.922; TLI = 0.915; RMSEA = 0.062; SRMR = 0.068). The Happiness Scale for the elderly assessed the following dimensions: feelings / satisfaction with life, autonomy / independence, spirituality, family relationships and leisure. It is concluded that the Happiness Scale for the elderly has good psychometric properties with alpha Cronbach (α) of 0.94. These characteristics allowed the construction and validation of the instrument to assess happiness in the elderly in Brazil.
Keywords: Idosos
Felicidade
Bem-estar subjetivo
Escala de felicidade
Subjective Well-Being
Happiness scale
Happiness
Aged
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Programa Stricto Sensu em Gerontologia
Citation: WOLLMANN, Patrícia Galdino de Andrade. Construção e validação da escala de felicidade para idosos. 2020. 165 f. Tese (Programa Stricto Sensu em Gerontologia) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2020.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/3062
Document date: 1-Dec-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PatriciaGaldinodeAndradeWollmannTeseParcial2020.pdfTese (Parcial)494.13 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.