Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/3032
Type: Dissertação
Title: Cristo Redentor: uma leitura iconográfica sob a perspectiva do imaginário e da colonialidade
Author(s): Jardim, Leandro Bertoletti 
First Advisor: Oliveira, Leandro de Bessa
Summary: Ícone religioso que atrai turistas sem credo, destino turístico que reúne peregrinos religiosos. Obra de arte europeia que se tornou o principal cartão postal brasileiro. Os paradoxos vão além. Há quase um século, a estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, exerce fascínio e se consolida como um símbolo no imaginário brasileiro. Essa representatividade pode ser aferida por meio dos números superlativos no âmbito do turismo, mas, sobretudo, é no campo cultural que ela se torna ainda mais evidente, seja em versos, músicas, criações visuais ou cinematográficas. Ainda assim, suas credenciais ao posto de símbolo nacional transcendem a estatística mensurável, perpassando nossa imaginação, gerando sentimentos. O objetivo do presente trabalho consiste em identificar os elementos presentes na cultura e imaginário brasileiros os quais potencializam a construção da ideia de símbolo observados na estátua do Cristo Redentor, além de propor uma discussão sobre a necessidade de uma revisitação interpretativa a esses símbolos. A partir de uma análise iconográfica e ilustrativa de imagens, e sob a perspectiva das ideias da teoria do imaginário, o estudo utiliza a estátua do Cristo Redentor como objeto de pesquisa para identificar elementos fundamentais para sua elevação ao status de símbolo brasileiro, não obstante sua representatividade como monumento da colonialidade. Constatamos que possivelmente a associação de três condições básicas, a saber: arquétipo primordial; imaginário coletivo/social; e determinismo político, tornam-se elementos fundamentais para a ascensão do monumento estudado como símbolo em âmbito nacional. Em sua conclusão, propomos a possibilidade de uma construção narrativa com base no imaginário presente na imagem estudada. Como base teórica, apresentamos os fundamentos propostos em Durand (2012) para o estudo do imaginário, Panofsky (1986) e Warburg (2010), para analisar, respectivamente, iconografia e as associações comparativas do monumento.
Abstract: Religious icon that attracts tourists without faith, tourist destination that brings together religious pilgrims. European work of art that became the main Brazilian postcard. The paradoxes go further. For almost a century, the statue of Christ the Redeemer, in Rio de Janeiro, has fascinated and consolidated itself as a symbol in the Brazilian imagination. This representativeness can be gauged through superlative numbers in the field of tourism, but, above all, it is in the cultural field that it becomes even more evident, whether in verses, music, visual or cinematographic creations. Even so, its credentials as a national symbol transcends measurable statistics, passing through our imagination, generating feelings. The objective of the present work is to identify the elements present in Brazilian culture and imagination which enhance the construction of the idea of symbol observed in the statue of Christ the Redeemer, in addition to proposing a discussion on the need for an interpretative revisitation of these symbols. From an iconographic and illustrative analysis of images, and from the perspective of the ideas of the imaginary theory, the study uses the statue of Christ the Redeemer as an object of research to identify fundamental elements for its elevation to the status of Brazilian symbol, despite its representativeness as a monument of coloniality. We found that possibly the association of three basic conditions, namely: primordial archetype; collective/social imaginary; and political determinism, become fundamental elements for the rise of the monument studied as a symbol at the national level. In its conclusion, we suggest the possibility of a narrative construction based on the imaginary present in the studied image. As a theoretical basis, we present the foundations according to Durand (2012) for the study of the imaginary, Panofsky (1986) and Warburg (2010), to analyze, respectively, the iconography and the comparative associations with the monument.
Keywords: Cristo Redentor
Imaginário
Símbolo
Religião
Iconografia
Christ the Redeemer
Imaginary
Symbol
Religion
Iconography
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Educação, Tecnologia e Comunicação
Program: Programa Stricto Sensu em Comunicação
Citation: JARDIM, Leandro Bertoletti. Cristo Redentor: uma leitura iconográfica sob a perspectiva do imaginário e da colonialidade. 2022. 166 f. Dissertação (Programa Stricto Sensu em Comunicação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2022.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/3032
Document date: 4-Aug-2022
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Comunicação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LeandroBertolettiJardimDissetacao2022.pdfDissertação3.33 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.