Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/3028
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorAcioli, Muriel Barcellos-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3213091639058961por
dc.contributor.advisor1Freitas, Lêda Gonçalves de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8076487547964658por
dc.date.accessioned2022-09-16T17:40:41Z-
dc.date.issued2020-09-11-
dc.identifier.citationACIOLI, Muriel Barcellos. Vivências de prazer e sofrimento de uma equipe de enfermagem que assiste ao paciente oncológico pediátrico. 2020. 80 f. Dissertação (Programa Stricto Sensu em Psicologia) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2020.por
dc.identifier.urihttps://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/3028-
dc.description.resumoEste estudo teve o objetivo de analisar as vivências de prazer e sofrimento do profissional de enfermagem atuante com o paciente oncológico pediátrico sob à luz da psicodinâmica do trabalho pela visão de Dejours, identificar e evidenciar os sentimentos e estratégias de enfrentamento utilizadas por esse profissional e descrever a sua organização de trabalho em um hospital público do Distrito Federal. Trata-se de um estudo descritivo estruturado em uma abordagem qualitativa de pesquisa, realizado em duas unidades de atendimento ao paciente oncológico pediátrico de um hospital público do Distrito Federal referência em pediatria especializada. Participaram três enfermeiros e quatro técnicos de enfermagem. Utilizou-se a entrevista semiestruturada para a coleta de dados, e a análise temática. Os resultados desta pesquisa mostraram que a vivência de prazer é predominante em relação à vivência de sofrimento no trabalho envolvendo a equipe de enfermagem atuante com o paciente oncológico pediátrico. Os geradores de vivências de prazer descritos nesta pesquisa foram aspectos relacionados ao cuidado da criança, o reconhecimento do trabalho, a importância de seu papel com o outro e a gratidão, aspectos que muitas vezes foram expressados pelos pacientes e seus acompanhantes; e como geradores de vivência de sofrimento foram: a morte da criança, sua recaída e a sobrecarga de trabalho. Os profissionais utilizam-se de estratégias de defesa para continuar executando suas atribuições laborais por meio da religiosidade, resiliência e pelo apoio da equipe, seja pelos pares ou por superiores. A organização, as condições de trabalho e as relações de trabalho assumem papéis fundamentais no que se refere na origem e na intensidade das vivências de prazer e sofrimento ocorridas no cotidiano destes trabalhadores, fazendo-se necessário a criação e execução de projetos que auxiliem no fortalecimento e amparo desses profissionais.por
dc.description.abstractThis study aimed to analyze the experiences of pleasure and suffering of the nursing professional working with the pediatric oncology patient under the knowledge of work’s psychodynamics through the view of Dejours, to identify and highlight the feelings and coping strategies used by this professional and describe it’s organization of work in a public hospital in the Distrito Federal. This is a descriptive study structured in a qualitative research approach, carried out in two units for the care of pediatric cancer patients in a public hospital in the Distrito Federal, it’s a reference in specialized pediatric. In this study had 3 nurses and 4 nursing technicians participating. A semi-structured interview was used for data collection, and thematic analysis. The results of this research showed that the experience of pleasure is predominant in relation to the experience of suffering by the nursing team working with the pediatric oncological patient. The generators of experiences of pleasure described in this research were: aspects related to child care, the recognition of work, the importance of their role with others and the gratitude that was often represented by patients and their companions; And the generators of experience of suffering were: the child's death, it’s relapse and work overload. Professionals use defense strategies to continue performing their work assignments through religiosity, resilience and the support of the team, whether by peers or superiors. It is concluded that the organization, the working conditions and the work relationships assume fundamental roles with regard to the origin and intensity of the experiences of pleasure and suffering that occurred in the daily lives of these workers and it is necessary to create and execute projects that assist in the strengthening and support of this professional.eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttps://bdtd.ucb.br:8443/jspui/retrieve/10229/MurielBarcellosAcioliDissertacaoParcial2020.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Católica de Brasíliapor
dc.publisher.departmentEscola de Saúde e Medicinapor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUCBpor
dc.publisher.programPrograma Stricto Sensu em Psicologiapor
dc.rightsAcesso Parcialpor
dc.subjectEnfermagempor
dc.subjectOncologia pediátricapor
dc.subjectPrazer e sofrimento no trabalhopor
dc.subjectNursingeng
dc.subjectPediatric oncologyeng
dc.subjectPleasure and suffering at workeng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApor
dc.titleVivências de prazer e sofrimento de uma equipe de enfermagem que assiste ao paciente oncológico pediátricopor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MurielBarcellosAcioliDissertacaoParcial2020.pdfDissertação527.69 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.