???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2836
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Diagnóstico estratégico das indústrias de construção civil do Distrito Federal: um olhar voltado para a longevidade da força de trabalho
???metadata.dc.creator???: Cordeiro, Bernadete Moreira Pessanha 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Alves, Vicente Paulo
???metadata.dc.description.resumo???: A mudança no perfil etário da população, sentida de forma mais concreta nas últimas décadas, impõe a necessidade de adaptações e transformações para que as indústrias possam lidar com a longevidade, o desequilíbrio geracional, a escassez da força de trabalho em idade ativa e, consequentemente, o impacto no crescimento econômico. Diante desse contexto, a pesquisa de caráter exploratório-descritivo (GIL, 2008) teve por objetivo verificar, a partir das indústrias de construção civil de médio e grande porte, do Distrito Federal, como as instituições estão se preparando para lidar com a permanência de homens e mulheres que compõem hoje, a força de trabalho e que permanecerão, além dos 60 anos, contribuindo, dadas as mudanças demográficas, para o futuro produtivo dessas organizações. Em sua execução foi utilizado um método misto de triangulação dos dados quantitativos e qualitativos (CRESWELL, 2010), para melhor convergir as informações advindas de diversas fontes: (1) pesquisa bibliográfica para subsidiar o referencial teórico; (2) informações do banco de dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS – 2019), caracterizando, por meio de teste qui-quadrado a dependência entre as variáveis e pelo modelo de regressão logística, o impacto das variáveis em relação à faixa etária; (3) questionários on-line aplicados ao público de interesse dessa pesquisa, tendo por base os eixos temáticos sobre as estratégias existentes para lidar com o envelhecimento da força de trabalho, elaborados por Cordeiro e Alves (2019); (4) entrevistas semiestruturadas com os gestores que optaram por participar. Os dados evidenciaram que dos 26.713 trabalhadores ativos empregados em empresas de Construção Civil do Distrito Federal, de médio e grande portes, 5.297 (19,83%) têm 50 anos ou mais. A faixa etária de 50 a 59 anos concentra o maior número de trabalhadores, 3.931 (14,72%), enquanto na faixa etária de 80 a 89 anos encontra-se apenas um trabalhador com 80 anos ou mais (RAIS – 2019). A análise de concordância entre as informações dos questionários e de outras pesquisas selecionadas, evidenciaram uma forte relação entre os estudos, sugerindo a necessidade de adequação das indústrias para lidar com o envelhecimento da força de trabalho. As entrevistas realizadas com os gestores deixaram a impressão de que mesmo reconhecendo ser interessante pensar em estratégias para lidar com o envelhecimento da força de trabalho. Esta questão ainda não faz parte das preocupações, porque não dizer ‘ameaças’, relacionadas ao futuro dessas instituições. Apesar disso, tanto os gestores, como os trabalhadores que participaram da pesquisa demonstraram uma visão positiva e produtiva da velhice, seja associando palavras como ‘experiência’ e ‘sabedoria’, declarando que desejam trabalhar até quando for possível ou apresentando planos para quando deixarem de trabalhar, como estudar e viajar. Para consolidar a pesquisa, os dados foram reunidos em um diagnóstico estratégico, por meio da análise de SWOT, gerando recomendações para a criação de uma cultura que considere o envelhecimento da população e ações específicas para lidar manutenção dos trabalhadores. Os resultados confirmaram a hipótese de que a longevidade da força de trabalho exigirá a construção de estratégias e ações específicas pelas indústrias do Distrito Federal, uma vez que não estão preparadas para lidar com os ganhos e desafios associados ao envelhecimento.
Abstract: The change in the age profile of the population, felt more concretely in recent decades, imposes the need for adaptations and transformations so that industries can deal with longevity, generational imbalance, the shortage of working-age workforce and, consequently, the impact on economic growth. In this context, the exploratory-descriptive research (GIL, 2008) aimed to verify, from the medium and large construction industries in the Federal District, how institutions are preparing to deal with the permanence of men and women who make up the workforce today and who will remain, beyond the age of 60, contributing, given demographic changes, to the productive future of these organizations. In its execution, a mixed method of triangulation of quantitative and qualitative data (CRESWELL, 2010) was used to better converge information from different sources: (1) bibliographic research to support the theoretical framework. (2) information from the database of the Annual Social Information Report (RAIS – 2019), characterizing, by means of a chi-square test of dependencies between the variables and by the logistic regression model, the impact of the variables in relation to age group. (3) online questionnaires applied to the target audience of this research, based on the thematic axes on existing strategies to deal with the aging of the workforce, developed by Cordeiro and Alves (2019). (4) semi-structured interviews with managers who chose to participate. The data showed that of the 26,713 active workers employed in civil construction companies in the Federal District, medium and large, 5,297 (19.83%) are aged 50 or over. The age group from 50 to 59 years concentrates the largest number of workers, 3,931 (14.72%), while in the age group from 80 to 89 years there is only one worker aged 80 years or more (RAIS – 2019). The analysis of agreement between the information from the questionnaires and other selected surveys showed a strong relationship between the studies, suggesting the need for adaptation of industries to deal with the aging of the workforce. The interviews carried out with the managers left the impression that even recognizing that it is interesting to think about strategies to deal with the aging of the workforce, this issue is not yet part of the concerns, why not say 'threats', related to the future of these institutions. Despite this, both managers and workers who participated in the survey demonstrated a positive and productive view of old age, whether associating words like 'experience' and 'wisdom', declaring that they want to work if possible or presenting plans for when they leave how to work, how to study and travel. To consolidate the research, data were gathered into a strategic diagnosis, through SWOT analysis, generating recommendations for the creation of a culture that considers the aging of the population and specific actions to deal with workers maintenance. The results confirmed the hypothesis that the longevity of the workforce will require the construction of specific strategies and actions by the industries of the Federal District since they are not prepared to deal with the gains and challenges associated with aging.
Keywords: Longevidade
Construção civil
Envelhecimento
Diagnóstico estratégico
Strategic diagnosis
Civil construction
Longevity
Aging
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Escola de Saúde e Medicina
???metadata.dc.publisher.program???: Programa Stricto Sensu em Gerontologia
Citation: CORDEIRO, Bernadete Moreira Pessanha. Diagnóstico estratégico das indústrias de construção civil do Distrito Federal: um olhar voltado para a longevidade da força de trabalho. 2021. 147 f. Tese (Programa Stricto Sensu em Gerontologia) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2021.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2836
Issue Date: 17-Aug-2021
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BernadeteMoreiraPessanhaTese2021.pdfTese3.09 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.