???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2738
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Composição ótima dos gastos públicos e interação entre as políticas fiscal e monetária na economia brasileira
???metadata.dc.creator???: Maciel, Daniel Thomaz G. N. 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Divino, José Angelo
???metadata.dc.description.resumo???: O objetivo dessa tese é apresentar dois trabalhos relacionados ao gasto público. O objetivo do primeiro capítulo é investigar o tamanho do governo, composição do gasto público e o crescimento econômico. O modelo teórico desenvolvido por Devarajan et al (1996) é expandido, incluindo o progresso tecnológico em uma função de produção de elasticidade de substituição (CES) mais geral. Como resultado, foi encontrado que o capital privado e os gastos do governo são insumos substitutos na produção, enquanto os gastos produtivos e improdutivos são combinados em uma proporção fixa nos gastos agregados do governo. O gasto público em investimento é consideravelmente menor do que no custeio, como ocorre nos países em desenvolvimento com baixo dinamismo econômico. Finalmente, a carga tributária média dos dados está abaixo do nível ótimo estimado, o que significa que há espaço para aumentar a taxação sem prejudicar o crescimento econômico de alguns estados brasileiros. No segundo capítulo, é analisado empiricamente a interação entre as políticas fiscal e monetária para a economia do Brasil. Para fazer essa análise, foi estimado por GMM o modelo de economia fechada, com cooperação e sem cooperação, desenvolvido por Saulo et al (2013), após essa estimação, foi realizado simulações impulso-resposta via DSGE. Com os parâmetros da estimação GMM, foi feito uma estimação bayesiana que permitiu gerar novas funções impulsoresposta e uma decomposição histórica das variáveis. Os resultados demonstram que uma interação em equilíbrio de Nash obtém melhor bem-estar e que uma interação cooperativa ocasiona em um ambiente com dominância fiscal para o Brasil, onde a política fiscal é ativa e a política monetária é passiva. Foi encontrado também um componente inercial na taxa de juros e um trade-off entre inflação e hiato do produto.
Abstract: The purpose of this thesis is to present two works related to public spending. The objective of the first chapter is to investigate the relationship between the size of the government, composition of public spending, and economic growth. Where the theoretical model developed by Devarajan et al (1996) is expanded, including technological progress in a more general substitution elasticity production (CES) function. As a result, it has been found that private capital and government spending are substitute inputs in production, while productive and unproductive spending is combined in a fixed proportion to aggregate government spending. Public spending on investment is considerably lower than on costing, as in developing countries with low economic dynamism. Finally, the average tax burden of the data is below the estimated optimal level, which means that there is room to increase taxation without harming the economic growth of some Brazilian states. In the second chapter, the interaction between fiscal and monetary policies for the Brazilian economy is empirically analyzed. To make this analysis, GMM estimated the cooperative and non-cooperative closed economy model developed by Saulo et al (2013), after this estimation, impulse-response simulations were performed via DSGE. With the parameters of the GMM estimation, a Bayesian estimation was made that allowed to generate new impulse response functions and a historical decomposition of the variables. The results show that a Nash equilibrium interaction achieves better welfare and that a cooperative interaction causes in a tax dominated environment for Brazil, where fiscal policy is active and monetary policy is passive. An inertial component of the interest rate and a tradeoff between inflation and output gap were also found.
Keywords: Taxa ótima
Política fiscal
Gasto público
Política monetária
Optimal taxation
Monetary policy
Public spending
Fiscal policy
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Escola de Humanidades, Negócios e Direito
???metadata.dc.publisher.program???: Programa Stricto Sensu em Economia de Empresas
Citation: MACIEL, Daniel Thomaz G. N. Composição ótima dos gastos públicos e interação entre as políticas fiscal e monetária na economia brasileira. 2019. 71 f. Tese (Programa Stricto Sensu em Economia de Empresas) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2019.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2738
Issue Date: 23-Aug-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Economia de Empresas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DanielThomazMacielTese2019.pdfTese2.69 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.