Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2629
Type: Tese
Title: Diversidade sexual: integração de estudantes ao ambiente acadêmico
Author(s): Carbonesi, Maria Anastácia Ribeiro Maia 
First Advisor: Cunha, Célio da
Summary: O objeto de estudo foi investigar as percepções de jovens e adultos homossexuais de uma IES sobre a inserção do homossexual no ambiente acadêmico no âmbito da educação superior. A presente investigação teve como proposta ser desenvolvida à luz do alicerce metodológico de estudo de caso, a partir da abordagem de pesquisa qualitativa com caráter descritivo e exploratório. Foram utilizadas fontes primárias e secundárias. Enquanto técnica de geração de dados primários, utilizou-se a entrevista semiestruturada, cujas respostas foram analisadas a partir do suporte metodológico da análise de conteúdo. A amostra foi composta por 10 (dez) alunas autoidentificadas como lésbicas e 10 (dez) alunos autoidentificados como gays. Como fontes secundárias, foram utilizados documentos e referências de literaturas pertinentes à compreensão do objeto. Os resultados mostram que a entrada na vida adulta, que coincide frequentemente com o ingresso na educação superior, se desenha como realidade educacional diferenciada da que foi experienciada por eles na educação básica, no que se refere à expressão da diversidade de orientação sexual. Os participantes retratam uma realidade que possibilita aos homossexuais a vivência de processos de socialização menos atormentados no âmbito da educação superior, se comparados com os que foram vivenciados por eles no contexto da educação básica. Todas as participantes do gênero feminino declaram não terem vivenciado, no âmbito da IES, nenhum tipo de rejeição motivada pela diversidade sexual. Já no caso dos participantes gays, esta realidade se constitui de modo diferenciado, evidenciando maior incidência de postura de preconceito quando a homossexualidade se expressa pelo indivíduo do gênero masculino. Um número expressivo de participantes retrata a existência de condutas de rejeição à homossexualidade por parte de alunos/colegas; contudo, a pesquisa mostra, também, que, para a maior parte dos participantes, a homossexualidade não se constitui como obstáculo para o seu desenvolvimento acadêmico e profissional na IES. A perspectiva positiva conferida pelos entrevistados ao cotidiano acadêmico quanto à inserção, ao acolhimento da diversidade sexual, aponta como fator diferenciador desta realidade a liberdade de comunicação. Como resultado, tem-se, ainda, que os participantes reivindicam por ações no âmbito da IES que possibilitem o alargamento de práticas de direitos humanos quanto à sexualidade por meio de eventos acadêmicos, como palestras, reuniões pedagógicas e debates teóricos.
Abstract: Sexual diversity is a common, visible fact in higher education, nevertheless these identity expressions often face prejudices, as well as the reproduction of hegemonic conceptions. The goal of this research project was to identify the perceptions of homosexual youths and adults on their social insertion in the academic environment of a higher education institution, located in Brasília, Brazil’s capital city. This project was developed as a case study by means of an exploratory and descriptive qualitative research. Although the national literature has abundant studies on sexual diversity in basic schools, the opposite happens to higher education. Besides institutional documents analysis, we developed semi-structured interviews with five students self-identified as lesbians and five self-identified as gays. They were selected by means of snowballing sample, in a list of five persons, from which one was randomly chosen. We conducted data interpretation by means of text content analysis. Results show that entry to adult life coincides for average and higher socioeconomic status population with higher education admission. Contrary to a history of painful experiences in basic education, when they were children and particularly adolescents, higher education has offered to them a favourable environment to sexual diversity expressions, except in rare episodes of peers’ verbal aggressions and of some faculty indifference or manifestations in courses against diversity. All the interviewed self-designated as lesbian women stated they had never experienced any kind of rejection. On the contrary, men self-identified as gays revealed numerous episodes of discrimination by male peers. However, they all had never found obstacles to their academic development and results. The participants converged to the position that their daily experience in that institution had been friendly in relation to sexual diversity. Moreover, they found freedom of communication, participating freely in study groups. The participants recommended actions by the institution focused in favour of human rights education, specifically concerned to multiple sexual expressions, such as lectures, seminars, and discussions.
Keywords: Cidadania
Direitos humanos
Educação superior
Diversidade sexual
Sexual diversities
Higher education
Human rights
Citizenship
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Educação, Tecnologia e Comunicação
Program: Programa Stricto Sensu em Educação
Citation: CARBONESI, Maria Anastácia Ribeiro Maia. Diversidade sexual: integração de estudantes ao ambiente acadêmico. 2019. 259 f. Tese (Programa Stricto Sensu em Educação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2019.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2629
Document date: 16-May-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaAnastaciaRibeiroMaiaCarbonesiTese2019.pdfTese1.75 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.