Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2508
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCavalcante, Rosilene Vila Nova-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4018902606384775por
dc.contributor.advisor1Melo, Gislane Ferreira de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5065099645935473por
dc.date.accessioned2018-12-04T11:27:29Z-
dc.date.issued2018-08-21-
dc.identifier.citationCAVALCANTE, Rosilene Vila Nova. Associação do nível de atividade física com a qualidade de vida, estresse e resiliência do professor da educação básica. 2018. 83 f. Dissertação (Programa Stricto Sensu em Educação Física) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2018.por
dc.identifier.urihttps://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2508-
dc.description.resumoEste estudo tem como objetivo associar o nível de atividade física com a qualidade de vida, fases do estresse e escala de resiliência dos professores que estão em efetiva regência de classe na educação básica do Município de Ubatã, na Bahia. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, descritiva e de campo. Utilizamos como instrumento de coleta dos dados o International Physical Activity Questionnaire (IPAQ), versão curta, para avaliar o nível de atividade física, a Escala de Qualidade de vida (EQV), o Inventário de Sintoma de Stress de Lipp (ISSL) para avaliar as fases do estresse, a escala de Resiliência (RS) originalmente criada em inglês por Wagnild e Young, adaptada para Brasil por Pesce et al., e um questionário para avaliar os aspectos sociodemográficos. Para as análises descritivas dos dados, foram rodados médias, desvios e frequências. Nas análises das inferências, foram rodados testes de normalidade (kolmogorov-Smirnov), teste t para amostras independentes, a ANOVA Two-Way para comparar os dois grupos (ativo e insuficientemente ativo) e o Qui- Quadrado para avaliar as diferenças entre as variáveis qualitativas. Os resultados mostram que 93% da rede de professores é do sexo feminino, 67,5% são considerados ativos e que não foi observada associação entre a variável dependente, nível de atividade física, com as variáveis investigadas: qualidade de vida, resiliência e as fases do estresse. Sugerimos para pesquisas futuras análise das variáveis intervenientes, que podem ter alterado os fenômenos, como características e hábitos da população, classificação da atividade física, rotina diária e deslocamento.por
dc.description.abstractThis study aims to associate the level of physical activity with the quality of life, stress phases and resilience scale of teachers who are in effective class regency in the basic education of the Municipality of Ubatã, Bahia. It is a quantitative, descriptive and field research. We used the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ), short version, to evaluate the level of physical activity, the Quality of Life Scale (EQV), the Lipp Stress Symptom Inventory (ISSL) (RS) originally created in English by Wagnild and Young, adapted for Brazil by Pesce et al., and a questionnaire to evaluate sociodemographic aspects. For the descriptive analysis of the data, means, deviations and frequencies were run. In the analysis of the inferences, normality tests (kolmogorov-Smirnov), t-test for independent samples, two-way ANOVA were used to compare the two groups (active and insufficiently active) and Chi-Square to evaluate differences between variables qualitative. The results show that 93% of the teachers' network is female, 67.5% are considered active and that there was no association between the dependent variable, physical activity level, with the investigated variables: quality of life, resilience and phases of stress. We suggest for future research an analysis of intervening variables, which may have altered the phenomena, such as characteristics and habits of the population, classification of physical activity, daily routine and displacement.eng
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttps://bdtd.ucb.br:8443/jspui/retrieve/6120/RosileneVilaNovaCavalcanteDissertacao2018.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Católica de Brasíliapor
dc.publisher.departmentEscola de Saúde e Medicinapor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUCBpor
dc.publisher.programPrograma Stricto Sensu em Educação Físicapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEstressepor
dc.subjectResiliênciapor
dc.subjectProfessorespor
dc.subjectAtividade físicapor
dc.subjectQualidade de vidapor
dc.subjectPhysical activityeng
dc.subjectQuality of lifeeng
dc.subjectResilienceeng
dc.subjectTeachereng
dc.subjectStresseng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICApor
dc.titleAssociação do nível de atividade física com a qualidade de vida, estresse e resiliência do professor da educação básicapor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RosileneVilaNovaCavalcanteDissertacao2018.pdfDissertação806.29 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.