???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2437
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Efeito do treinamento de força sobre a atividade das metaloproteinases do tipo 2 e 9
???metadata.dc.creator???: Nascimento, Dahan da Cunha 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Prestes, Jonato
???metadata.dc.description.resumo???: As metaloproteinases da matriz extracelular (MMPs) pertencem a um grupo de enzimas endopeptidases que regulam a composição da matriz extracelular (MEC) e seu desequilíbrio contribui para o desenvolvimento de muitas condições patológicas, dentre elas, a obesidade. Como o envelhecimento está associado a vários processos degenerativos e mudanças fisiológicas, o aumento da gordura corporal em mulheres idosas é também responsável pelo aumento das concentrações sistêmicas das metaloproteinases da matriz extracelular tipo 2 e 9 (MMPs) e também pelo desequilíbrio nas concentrações de citocinas pró-inflamatórias. Apesar dessas modificações, estudos sobre o efeito do exercício físico, especificamente o treinamento aeróbio demonstraram sua efetividade na diminuição das concentrações plasmáticas das MMP-2 e MMP-9 em indivíduos obesos, diabetes mellitus tipo 2, síndrome metabólica e idosos com problemas cardíacos, indicando um efeito cardioprotetor. No entanto, o treinamento de força ainda demonstra resultados conflitantes. Considerando a sua importância no envelhecimento, principalmente o treinamento excêntrico, além de seus benefícios sobre a capacidade funcional já reportados na literatura quando comparado ao método tradicional, há indícios na literatura de que esse tipo de método é capaz de diminuir a atividade das MMPs 48 horas após uma sessão aguda em mulheres idosas obesas, indicando um efeito cardioprotetor transitório. No entanto, ainda existem muitos desafios para o melhor entendimento de sua importância na adaptação muscular ou indicativo de um estado inflamatório característico na obesidade. Por isso, mais estudos devem ser conduzidos e outras medidas como biópsia muscular também devem ser incluídas, pois as mesmas podem explicar o processo de adaptação ao exercício físico.
Abstract: Matrix metalloproteinases (MMPs) belong to a group of endopeptidases which regulate the composition of the extracellular matrix (ECM) and its imbalance contributes to the development of many pathological conditions. Among them, obesity. Aging is associated with several degenerative processes and physiological changes. Body fat increment in elderly women is also responsible for increased systemic concentrations of matrix metalloproteinases 2 and -9 and also by the upregulation of proinflammatory cytokines. In another hand, studies that analyzed the effects of physical exercise on MMPs concentrations. Aerobic training was effective in decreasing plasma concentrations of MMP-2 and MMP-9 in obese, type 2 diabetes mellitus, metabolic syndrome and elderly with cardiovascular disease, indicating transient cardioprotective effect. However, strength training also shows conflicting results. Considering its importance in aging, especially eccentric training method and its effects on functional capacity when compared to the traditional method, there is evidence that this type of resistance training method is able to decrease the activity of MMPs 48 hours after an acute exercise session of eccentric training in elderly obese women, indicating a transitory cardioprotective effect. However, there are still many challenges to a better understanding of its importance on muscle adaptation or indicative of a pro-inflammatory profile on obesity. Therefore, more studies should be conducted and measures such as muscle biopsy should also be included because they might explain the process of muscle adaptation to exercise.
Keywords: Idosos
Obesidade
Inflamação
Contrações excêntricas
Marcadores sanguíneos
Matriz metaloproteinase
Matrix metalloproteinases
Eccentric contraction
Blood markers
Inflammation
Obesity
Elderly
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Escola de Saúde e Medicina
???metadata.dc.publisher.program???: Programa Stricto Sensu em Educação Física
Citation: NASCIMENTO, Dahan da Cunha. Efeito do treinamento de força sobre a atividade das metaloproteinases do tipo 2 e 9. 2015. 55 f. Dissertação (Programa Stricto Sensu em Educação Física) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2437
Issue Date: 4-Mar-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DahandaCunhaNascimentoDissertacao2015.pdfDissertação2.28 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.