Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2230
Type: Dissertação
Title: Saúde do homem: conhecimento e adesão à estratégia de saúde da família
Author(s): Caires, Ediane Santos 
First Advisor: Melo, Gislane Ferreira de
Summary: Introdução: O aumento da morbimortalidade do sexo masculino e a diminuição da expectativa de vida do homem, bem como a escassez de hábitos de prevenção fundamentam as discussões atuais acerca da Saúde do Homem com o intuito de buscar reflexões que tragam os homens para a assistência em saúde por meio de mudanças pragmáticas na postura masculina. Objetivo: Verificar o conhecimento e adesão à Estratégia de Saúde da Família em homens lavradores baianos. Metodologia: Foram realizadas duas entrevistas semiestruturadas, onde a primeira apresentava questões especificas classificadas em oito categorias: a participação do homem na estratégia de saúde da família (ESF), o conhecimento sobre câncer de próstata, procura pelos serviços de saúde, o nível de escolaridade, a condição sócio – econômica, a idade, o estado civil e a qualidade de vida por meio de uma segunda entrevista com o instrumento multidimensional validado para análise, o SF 36. Resultados: Participaram da amostra 354 homens, sendo 328 (92,7%) lavradores, com idade média de 57,94 ± 11,74 anos (40-87), 282 casados (79,9%) e 288 (81,6%) com renda igual a um salário mínimo. A escolaridade encontrada foi de até quatro anos de estudo para 322 homens (91,2%). Do total dos entrevistados 287 indivíduos (81,1%) conhecem a unidade de Estratégia de Saúde da Família, porém, a procura nos serviços de saúde é principalmente para controle de doenças para 188 homens (53,3%) e prevenção para 139 homens 39,5%. Ao questionar sobre o CA de Próstata, 340 homens (95,80%) já ouviram falar sobre este tema, sendo que 258 pessoas (72,90%) tem conhecimento sobre os exames relacionados a esta patologia, 149 indivíduos (42,10%) já realizaram o exame de toque retal e 191 dos entrevistados (54,20%) o exame de PSA, sobre a procura dos homens aos serviços de saúde somente 15 indivíduos (4,2%) do total entrevistado procuram os serviços de saúde. Em relação a qualidade de vida, verificou-se diferença significativa no domínio vitalidade, quando compara-se o Grupo 1 caracterizado por indivíduos que fazem parte da ESF com o Grupo 2 formado por indivíduos que não fazem parte da ESF, encontrando um valor médio de 62,50 ± 18,80 vs 59,93 ± 21,09 respectivamente (p= 0,05). Conclusão: Verificou-se que a maioria dos homens apresentaram conhecimento acerca da patologia e dos exames necessários para a prevenção independentemente do nível de escolaridade. Entretanto, quando foi discutido a realização destes exames observou-se que metade dos homens ainda que dotado de conhecimento, não realizou os exames. A escolaridade dos homens ao conhecimento do CA de Próstata não apresentou relação direta, em relação aos exames de detecção precoce, verificou-se que o número dos indivíduos que não fizeram o toque retal encontra-se maior entre com que apresentam até quatro anos de instrução. A realização do exame não está condicionada a renda familiar já que os homens apesar de apresentar conhecimento acerca da temática não realiza os exames habituais de prevenção. Em relação à qualidade de vida evidenciou-se que à adesão do homem priorizou as ações desenvolvidas pela equipe de saúde proporcionando uma melhor qualidade de vida aos usuários participantes.
Abstract: Introduction: The increased morbidity and mortality of males and decreased life expectancy of man, and the lack of prevention habits underlie current discussions of Men's Health in order to seek reflections that bring men to the assistance health through pragmatic change in men's attitude. Objective: To assess the knowledge and adherence to the Family Health Strategy and prostate cancer in men Bahian farmers. Methodology: We conducted two semistructured interviews, where the first had specific issues classified into eight categories: the participation of men in family health strategy (ESF), knowledge about prostate cancer, demand for health services, education level the socio - economic, age, marital status and quality of life. The second interview was conducted by a validated multidimensional instrument for assessing the quality of life, and the SF 36. Results: The sample 354 men, and 328 (92.7%) farmers, with an average age of 57.94 ± 11, 74 years (40-87), 282 married (79.9%) and 288 (81.6%) with an income equal to the minimum wage. The school was found up to four years of study to 322 men (91.2%). Of the total interviewed 287 subjects (81.1%) know the unity of the Family Health Strategy, however, the demand on health services is mainly for Disease Control 188 men (53.3%) and prevention for 139 men 39.5%. The questioning of the AC Prostate, 340 men (95.80%) have heard about this subject, and 258 people (72.90%) have knowledge of the examinations related to this disease, 149 individuals (42.10%) already performed the rectal exam and 191 respondents (54.20%) PSA testing, on demand of men to health services only 15 subjects (4.2%) of the total interviewed seek health services. Regarding quality of life, there was a significant difference in the field vitality when compared Group 1 characterized by individuals who are part of the ESF with the Group 2 made up of individuals who are not part of the ESF, we find an average of 62, 50 ± 18.80 vs. 59.93 ± 21.09 respectively (p = 0.05). Conclusion: It was found that most men had knowledge of pathology and examinations necessary for independent prevention education level. However, when it was discussed the conduct of these tests it was found that half of the men even though endowed with knowledge, did not perform the tests. The education of men to the attention of Prostate CA showed no direct relationship, in relation to preventive tests, it was found that the number of individuals who have not made the digital rectal exam is higher of that feature up to four years of education. The completion of the examination is not subject to family income as men despite having knowledge about the theme does not perform the usual preventive exams. Regarding the quality of life it became clear that the accession of the man prioritized the actions taken by the health team providing a better quality of life to participating users.
Keywords: Gerontologia
Saúde do homem
Saúde da Família
Prevenção
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Programa Strictu Sensu em Gerontologia
Citation: CAIRES, Ediane Santos. Saúde do homem: conhecimento e adesão à estratégia de saúde da família. 2015. 88 f. Dissertação (Programa Stricto Sensu em Gerontologia) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2015.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2230
Document date: 1-Jan-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EdianeSantosCairesDissertacao2015.pdfDissertação1.08 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.