Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2173
Type: Dissertação
Title: O uso do álcool e a polifarmácia no idoso
Author(s): Melo, Danielle Alves de 
First Advisor: Chiarello, Marileusa Dosolina
Summary: O envelhecimento da população mundial traz grandes desafios para os sistemas de saúde. Frente à mudança do perfil do envelhecimento, com a população idosa aumentando continuamente, é necessário estratégias que garantam o envelhecimento saudável. Uma das estratégias visando o envelhecimento com qualidade é o uso de variados medicamentos, conhecida como polifarmácia. Entretanto, os medicamentos, além de interagirem entre si, podem ter interação com outros fatores, como a ingestão de bebidas alcoólicas. O objetivo do trabalho foi avaliar o uso concomitante de poli farmácia e bebidas alcoólicas por idosos do bairro Granja do Torto, Distrito Federal por meio de aplicação de questionário MEEN e outro estruturado. Conclui-se que dos 202 idosos entrevistados, 130 (64%) fazem uso de polifarmácia. Entretanto entre estes apenas 16 pessoas (8%) fazem uso concomitante de bebidas alcoólicas. O baixo percentual que pode estar relacionado com a assistência que esses idosos recebem no posto de saúde local, com atendimento de uma equipe multidisciplinar. O acompanhamento constante deste público e o esclarecimento acerca da condição de saúde e dos riscos do consumo de álcool e variados medicamentos possibilita diminuição de riscos para a saúde e auxilia a manter hábitos de vida saudáveis.
Abstract: The aging of the world population is a challenge for health systems. Faced with the aging profile change, with the elderly population steadily increasing, it is necessary strategies to ensure healthy aging. One of the strategies for the aging quality is the use of various drugs, known as polypharmacy. However, the drugs, besides interact with each other, may interact with other factors such as consuming alcohol. The objective was to evaluate the concomitant use of poly pharmacy and alcohol by elderly of the Granja do Torto-D.F neighborhood, through a questionnaire of MEEN and another one structured. It is concluded that from the 202 elderly respondents, 130 (64%) use polypharmacy. However among those, only 16 people (8%) make concomitant use of alcohol. The low percentage may be related to the assistance that the elderly receive in the local health center, with the attendance of a multidisciplinary team. The constant monitoring of the public and the increase awareness of health condition and the risks of consuming alcohol and various drugs, enables the reduction of risks to the health and helps to maintain healthy habits.
Keywords: Álcool
Idosos
Alcoolismo
Gerontologia
Polifarmácia
Interação Medicamentosa
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Saúde e Medicina
Program: Programa Strictu Sensu em Gerontologia
Citation: MELO, Danielle Alves de. O uso do álcool e a polifarmácia no idoso. 2016. 89 f. Dissertação (Programa Stricto Sensu em Gerontologia) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2016.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2173
Document date: 21-Mar-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DanielleAlvesdeMeloDissertacao2016.pdfDissertação4.03 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.