Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2061
Type: Tese
Title: Determinantes do crédito bancário e os impactos do risco de crédito sobre a economia brasileira
Author(s): Almeida, Fernanda Dantas 
First Advisor: Divino, José Angelo
Summary: O crédito bancário possui um papel fundamental para o desenvolvimento econômico de um país e, por isso, é muito importante compreender sua dinâmica e sua atuação na transmissão da política monetária. Por essa razão, esta tese é formada por dois estudos que visam entender o comportamento do crédito bancário de forma micro e macroeconômica, investigando os principais aspectos que o determinam, bem como a interação do setor bancário com os demais setores da economia. A análise microeconômica buscou identificar empiricamente os determinantes do crédito bancário no Brasil, sob a ótica da oferta, de modo a averiguar o efeito das estratégias dos bancos e evidenciar o impacto da política monetária sobre a oferta de crédito no período de 2001 a 2012. Esse estudo constatou que não houve impacto do ambiente econômico sobre a oferta de crédito no período analisado, dado que o governo adotou uma política creditícia anticíclica descasada das condições macroeconômicas vigentes. Por outro lado, a análise macroeconômica buscou investigar os efeitos do risco de crédito na intermediação financeira e como esses efeitos são repassados aos demais agentes da economia. Para tanto, utilizou-se o modelo DSGE com fricções financeiras de Gertler e Karadi (2011), que foi modificado de modo a incorporar o risco de default dado pela probabilidade de não pagamento dos empréstimos concedidos pelo banco. Esse estudo contribui com a literatura ao derivar a probabilidade de default das firmas endogenamente ao modelo, diferente de grande parte dos artigos que a tratam como uma medida exógena. Ademais, ao trazer duas taxas de juros distintas para diferentes tomadores de crédito, os “bons” e os “maus” pagadores, o modelo permite a análise de como a qualidade dos mutuários impacta na taxa de juros global dos empréstimos. Como resultado, encontra-se uma taxa de default anticíclica, que funciona como uma compensação para o banco pelas perdas com os “maus” pagadores.
Abstract: Banking credit plays a key role for the economic development and, therefore, it is important to understand its dynamics and its actuation for the transmission of the monetary policy. Thus, this thesis consists of two studies that aim to understand the micro and macroeconomic behavior of bank credit, investigating the main determinants of bank credit as well as the interaction of the banking sector with other sectors of the economy. The microeconomic analysis aims to identify the major determinants of banking credit in the Brazilian economy, considering the influence of specific characteristics of the financial institutions and monetary policy in the period 2001 to 2012. This paper contributes with the literature by showing that there was no relevant impact from the macroeconomic environment on the credit supply in the analyzed period. The government has adopted a countercyclical credit policy mismatched from prevailing macroeconomic conditions. In turn, the macroeconomic analysis investigates the effects of credit risk for the financial intermediation and how this risk is transmitted to other agents in the economy. The DSGE model with financial frictions of Gertler and Karadi (2011) was modified to incorporate the risk of default given by the probability of non-payment of loans granted by the bank. This study contributes to the literature by deriving the probability of default of firms endogenously in the model, unlike most of the studies that assume it as exogenous. Moreover, as the model assumes two different interest rates for the two kinds of borrowers ("good" and "bad" payers), it allows the analysis of the impacts of the borrowers’ quality on the overall interest rate on loans. As a result, we identified a countercyclical default rate, which compensates the bank for the lost with “bad” payers.
Keywords: Determinantes
Crédito bancário
Política monetária
Risco de crédito
Desenvolvimento econômico
CNPq: ECONOMIA MONETARIA E FISCAL::POLITICA FISCAL DO BRASIL
Language: por
Parents: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Escola de Gestão e Negócios
Program: Programa Strictu Sensu em Economia de Empresas
Citation: ALMEIDA, Fernanda Dantas. Determinantes do crédito bancário e os impactos do risco de crédito sobre a economia brasileira. 2016. 95 f. Tese (Programa Strictu Sensu em Economia de Empresas) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2016.
Access Type: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2061
Document date: 1-Jun-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Economia de Empresas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FernandaDantasAlmeidaTese2016.pdfTese2.27 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.