???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2028
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Os desafios da gestão na educação superior privada: um estudo exploratório na perspectiva da psicodinâmica do trabalho
???metadata.dc.creator???: Paula, Victor Gomes de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Brasil, Katia Cristina Tarouquella Rodrigues
???metadata.dc.description.resumo???: A educação superior tem sofrido alterações em sua configuração estrutural e organizacional, o que tem suscitado preocupação com o seu estado de expansão e evolução. Nos últimos 20 anos, iniciou-se uma ampla reforma das políticas públicas que objetivou modificar o panorama da educação no país, particularmente, da educação superior privada. As constantes transformações empreendidas pelos governos e pela sociedade estão mudando o papel do professor, bem como as funções das universidades, conduzindo-os a um processo de adequação constante para atender às novas demandas e exigências. Assim, a educação superior privada encontra-se em busca de modelos de gestão que possam dar suporte às transformações contemporâneas que incidem no trabalho docente e na relação ensinoaprendizagem. Nessa perspectiva, a presente pesquisa visou estudar os desafios encontrados pelos gestores da educação superior privada em seu trabalho, por intermédio de um estudo exploratório à luz da teoria da Psicodinâmica do Trabalho. A pesquisa teve um caráter qualitativo a partir da escuta individual dos gestores e professores de três diferentes Instituições de Educação Superior do Distrito Federal e entorno. A coleta de dados deu-se por meio de entrevista semiestruturada, guiadas por um roteiro com eixos temáticos. As entrevistas seguiram três eixos de análise, o real e prescrito do trabalho, estratégias de defesa individual e sofrimento ético no trabalho. Em relação ao real e o prescrito destacam-se os imprevistos em sala de aula, as demandas da instituição, as burocracias e o despreparo dos alunos que chegam à educação superior e que denunciam a fragilidade da educação básica. Em relação às estratégias de defesa individual identificou-se a negação do sofrimento no trabalho docente evidenciado pela falta de crítica em relação as contradições institucionais e a negação da sobrecarga de trabalho. O sofrimento ético dos gestores se revelou na medida em que esses profissionais se viram obrigados a agirem contra suas crenças e, assumiram um discurso institucional em contradição com a realidade do trabalho dos professores.
Abstract: Higher education has undergone changes in its structural and organizational setup, which has raised concern about his state of expansion and evolution. In the past 20 years, we began a comprehensive reform of public policies aimed to modify the landscape of education in the country, particularly of private higher education. The constant transformation undertaken by governments and society are changing the role of the teacher as well as the functions of universities, leading them to a constant process of adaptation to meet the changing demands and requirements. Thus, private higher education is looking for management models that can support the contemporary changes that focus in teaching and teaching-learning relationship. In this perspective, this research aimed to study the challenges faced by higher education managers in private their work, through an exploratory study based on a theory of work psychodynamics. The research had a qualitative character from the individual listening to managers and teachers from three different institutions of higher education in the Federal District and surrounding areas. Data collection occurred through semi-structured interviews, guided by a roadmap with themes. The interviews followed three axes of analysis, real and prescribed work, individual defense strategies and ethical suffering at work. Regarding the actual and the prescribed stand out unforeseen in the classroom, the demands of the institution, the bureaucracy and the lack of preparation of students coming to higher education and denounce the weakness of basic education. Regarding the individual defense strategies identified the denial of suffering in teaching evidenced by the lack of criticism of the institutional contradictions and denial of work overload. Ethical suffering of managers revealed the extent that these professionals were forced to act against their beliefs and took an institutional discourse at odds with the reality of the work of teachers.
Keywords: Ensino superior
Educação privada
Psicodinâmica do trabalho
Gestão educacional
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Escola de Educação, Tecnologia e Comunicação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa Strictu Sensu em Educação
Citation: PAULA, Victor Gomes de. Os desafios da gestão na educação superior privada: um estudo exploratório na perspectiva da psicodinâmica do trabalho. 2016. 111 f. Dissertação (Programa Strictu Sensu em Educação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2016.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/2028
Issue Date: 22-Jun-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VictorGomesdePaulaDissertacao2016.pdf1.66 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.