???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/1990
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Educação em sexualidade: perspectivas na vida de adolescentes e jovens?
???metadata.dc.creator???: Neves, Mariana Braga Alves de Souza 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Gomes, Candido Alberto
???metadata.dc.description.resumo???: Os esforços do setor de educação para diminuir os comportamentos sexuais de risco de adolescentes e jovens ainda é insuficiente e esbarra em preconceitos e tabus relacionados a educação em sexualidade. A população de adolescentes e jovens de 10 a 24 anos de idade está vulnerável estrutural e socialmente a: gravidez, orientação sexual e de gênero, violência sexual, discriminação racial e étnica, violência velada e simbólica dentro e fora da escola, inclusive bullying por estes temas. A escola configura-se como um dos poucos espaços institucionais de diálogo em educação em sexualidade. Neste sentido, realizou-se um estudo para analisar as percepções dos estudantes e dos professores de um centro educacional de ensino médio do Distrito Federal ante as estratégias de educação em sexualidade. Optou-se por um estudo de caso, tendo a observação, a entrevista estruturada e o grupo focal como técnica de investigação tendo como instrumento de investigação questionários. O Centro Educacional aqui pesquisado incorpora ações de educação em sexualidade no cotidiano da escola há mais de uma década. Apesar do projeto se mostrar exitoso na percepção adolescente e juvenil, ainda caminha com dificuldades, seja pela ausência no Plano Político Pedagógico, seja pela perspectiva do encerramento quando a professora líder deixar a escola. Ou seja, o projeto conta com o apoio dos estudantes, principais interessados pela temática, e com a liderança carismática e interessada de uma professora de biologia. A trajetória do projeto é, por si só, sinuosa, com apoio inconstante da direção e, segundo indícios, os professores preferem não se envolver com uma temática “polêmica”. Ou seja, o projeto não desenvolve toda a sua potencialidade porque faltam apoios internos, ou estes se apresentam de forma ambígua, com exceção dos estudantes, maiores interessados. Os principais resultados identificados foram: não houve aumento das práticas sexuais em virtude da inclusão dos temas de educação em sexualidade na escola; a maioria dos alunos considera importante o acesso do preservativo na escola; redução da gravidez na escola; ampliação do diálogo entre pais e filhos sobre sexualidade; aumento da relação da escola com o serviço de saúde e redução de discriminação relacionada aos temas da sexualidade na escola.
Abstract: The education sector's efforts to reduce sexual behavior risky of young people is still insufficient and braked by prejudices and taboos related to sexuality education. The 10-24 years old young people are vulnerable structurally and socially to: pregnancy, sexual orientation, gender, sexual violence, racial and ethnic discrimination, symbolic violence inside and outside the school, including bullying by these themes. School appears as one of the few institutional spaces for dialogue on sexuality education. In this sense, we carried out a study to analyze the perceptions of students and teachers of an educational center of high school in the Federal District before the sexuality education strategies. We opted for a case study, and observation, structured interviews and focus groups as a research technique with questionnaires as a research tool. The school that were researched incorporate educational activities concerning sexuality issue in the school routine for more than a decade. Although the project is considered successful by adolescent and youth perception, still walks with difficulty, such as the absence in the Pedagogical Political Plan, either by the end perspective when leading teacher leaving school. The project has the support of the students, the main stakeholders for the theme, and the charismatic leadership of a biology teacher. The trajectory of the project is winding, with shifting of direction and support, according to evidence, teachers prefer not to get involved with a "controversy" theme. In other words, the project does not develop its full potential because they lack domestic support, or they are presented ambiguously, with the exception of students most interested. The main results were identified: there was no increase in sexual practices due to the inclusion of sexuality education issues at school; most students consider important access condoms at school; reduction of pregnancy in school; expansion of dialogue between parents and children about sexuality; increase the school's relationship with the health service and reducing discrimination related to sexuality issues in school.
Keywords: Educação
Sexualidade
Juventude
AIDS (Doença)
Gravidez
Adolescente
Ensino médio
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Escola de Educação, Tecnologia e Comunicação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa Strictu Sensu em Educação
Citation: NEVES, Mariana Braga Alves de Souza. Educação em sexualidade: perspectivas na vida de adolescentes e jovens?. 2015. 239f. Dissertação( Programa Strictu Sensu em Educação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/1990
Issue Date: 11-Dec-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MarianaBragaAlvesdeSouzaNevesDissertacao2015.pdfDissertacao3.69 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.