???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/1985
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Percepção de alunos e professores do 7º ano do ensino fundamental em relação aos fatores promotores da criatividade em sala de aula
???metadata.dc.creator???: Melo, Ângela Santana Saturnino de
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Tentes, Vanessa Terezinha Alves
???metadata.dc.description.resumo???: A importância do papel da criatividade nos processos de educação tem sido um tema recorrente entre educadores preocupados com a formação integral dos alunos, quer no sentido de evitar ou remover barreiras ao processo criativo, quer no de promover a curiosidade e o gosto pela inovação, influenciar a originalidade de ideias, o pensamento crítico e a acepção estética. Deste modo, assumir o desenvolvimento da expressão criativa em sua plenitude é hoje um imperativo, pelo qual resultará a realização pessoal e o avanço social. Os percursos da educação geral e de formação especializada ressaltam a criatividade, como um caminho, pelo qual o ser humano poderá evidenciar todo o seu potencial e usá-lo em prol da sociedade. Tais percursos deverão conter dispositivos e estratégias de promoção da criatividade, na perspectiva de que todos os atores da ação educativa se tornem agentes e protagonistas da inovação, na vanguarda do sucesso paras as próximas gerações. A presente pesquisa investigou a percepção de alunos do 7º ano do Ensino Fundamental e de seus professores em relação aos elementos promotores ou inibidores da criatividade nas aulas de Língua Portuguesa e de Matemática. Averiguou também o uso de práticas pedagógicas favorecedoras da expressão criativa e as barreiras ao desenvolvimento da criatividade em sala de aula, segundo a visão docente. Participaram da pesquisa 110 alunos e sete professores de três escolas particulares, em três regiões do Distrito federal, de uma mesma mantenedora. Para acessar os dados referentes aos alunos adotou-se uma abordagem quantitativa, com delineamento descritivo-comparativo, empregando-se como instrumento a Escala sobre Clima para a Criatividade em Sala de Aula. Para análise dos dados, aplicou-se estatística inferencial, com análise de variância univariada (Anova). Para analisar a percepção dos professores utilizou-se abordagem qualitativa, por meio de entrevista semiestruturada, analisada segundo a técnica de análise de conteúdo proposta por Laurence Bardin. Os resultados indicaram percepção positiva dos estudantes quanto ao desenvolvimento de práticas pedagógicas por seus professores nas aulas de Língua Portuguesa e de Matemática, constatou-se diferenças significativas quanto à promoção de criatividade em sala de aula, em relação a essas duas disciplinas, apenas no fator Suporte da Professora à Expressão de Ideias dos Alunos em favor das aulas de Língua Portuguesa. Os resultados indicaram também as subcategorias Clima de Sala de Aula, Atividades Didático-Pedagógicas Desenvolvidas, Atitudes da Turma, Estratégia Pedagógica e Contexto Social na categoria Elementos Facilitadores da Criatividade e as subcategorias Organização e Cobrança dos Conteúdos Curriculares, Família, Professor e Discente na categoria Elementos Inibidores do Potencial Criativo. Os dados gerados a partir das categorias de análise evidenciaram que os professores utilizavam práticas pedagógicas favorecedoras do potencial criativo dos estudantes, mesmo tendo sido destacado o pouco conhecimento teórico sobre o tema investigado. Tal percepção foi corroborada pelos estudantes, o que evidencia uma concordância entre as percepções dos discentes e da maioria dos docentes em relação aos fatores promotores da criatividade.
Abstract: The importance of the role of creativity in the educational processes has been a recurring theme among educators concerned with the integral formation of students, either to avoid or remove barriers to the creative process. It has also been important in promoting curiosity and taste for innovation, influence originality of ideas, critical thinking and for aesthetic purposes. Thus, to assume the development of the creative expression in its fullness is now imperative, which will result in personal fulfillment and social progress. General education and specialized training paths emphasize creativity as a way by which man can show its full potential and use it for the benefit of society. Such paths should encompass strategies for promoting creativity, in view of turning all the educational elements into agents and protagonists of innovation, at the forefront of success for the next generations. The present study investigated the perception of 7th year students from an elementary school and their teachers regarding aspects that promote or inhibit creativity in Portuguese and Mathematics classes. It also investigated the use of pedagogical practices which foster the creative expression and barriers to the development of creativity in the classroom, according to teachers. The participants were 110 students and seven teachers from three private schools, in three regions of the Federal District, the same sponsor. To access data, a descriptivecomparative quantitative approach was adopted using as a tool, the Classroom Climate for Creativity Scale. For data analysis, we applied inferential statistics with an analysis of variance (ANOVA). To analyze teacher´s perceptions, a qualitative approach was used by means of semi-structured interviews, analyzed using the content analysis technique proposed by Laurence Bardin. The results indicated positive perceptions of students regarding the development of educational practices by teachers in Portuguese and Mathematics classes, it found significant differences in the promotion of creativity in the classroom, in relation to these two subjects only in the factor Teacher's Support to the Ideas of Students Expression, in favor of Portuguese classes. The results also suggested subcategories Climate Classroom, Activities Didactic-Pedagogical Developed, Attitudes Class, Educational Strategy and Social Context in category Enhancer Elements of Creativity and subcategories Organization and Collection of Contents Curriculum, Family, Teacher and Student in category Potential inhibitors of creative elements. The data generated from the analysis categories showed that the teachers used pedagogical practices which foster the creative potential of students, even though highlighted how little theoretical knowledge they have on the topic. This perception was corroborated by students, which shows a consonance between teachers´ and students´ perceptions regarding the factors that promote creativity.
Keywords: Educação
Criatividade
Clima de Sala de Aula
Ensino Fundamental
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Escola de Educação, Tecnologia e Comunicação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa Strictu Sensu em Educação
Citation: MELO, Ângela Santana Saturnino de. Percepção de alunos e professores do 7º ano do ensino fundamental em relação aos fatores promotores da criatividade em sala de aula. 2013. 84f. Dissertação( Programa Strictu Sensu em Educação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2013.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/1985
Issue Date: 14-Jun-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AngelaSantanaSaturninodeMeloDissertacaoparcial2013.pdfDissertacao344.66 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.