???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/1959
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: A percepção de jovens universitários sobre o uso do celular: potencialidades e fragilidades para a aprendizagem em sala de aula
???metadata.dc.creator???: Dourado, Carmen Dulce de Britto Freire 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Sousa, Carlos Ângelo de Meneses
???metadata.dc.description.resumo???: A pesquisa analisou a percepção de estudantes universitários sobre o uso do celular, incluindo as potencialidades e fragilidades para a aprendizagem, no âmbito da sala de aula. Utilizou-se da metodologia do tipo qualitativa que propicia a interpretação em maior profundidade de aspectos relacionados ao comportamento do individuo com destaque para os hábitos e atitudes, relacionados às categorias de justificativa para o uso rotineiro e para a aprendizagem por intermédio do celular pelos jovens acadêmicos. A fundamentação teórica se baseou em Bauman, Lévy, Castells, Lemos, Moran, Nicolaci-da-Costa e Masetto, entre outros. Participaram da pesquisa 25 jovens do curso de Psicologia de uma IES privada, situada em Brasília – DF. Os dados foram coletados por meio de questionários e aplicação de entrevistas em 03 grupos focais. A análise dos dados foi referenciada na análise de conteúdo de Bardin. Dos resultados encontrados, emergiram 2 categorias: justificativa e aprendizagem. Destas, assomaram 7 subcategorias primárias e 5 secundárias. Como exemplo de subcategorias, tem-se a ubiquidade, a conectividade, a sociabilidade, a praticidade, a dependência, as dispersões e a colaboratividade, entre outras. Os resultados indicam que a utilização do celular em sala de aula pelos jovens universitários é uma realidade constante e, apesar de ainda considerarem o professor como a maior fonte de conhecimentos, admitem o uso para pesquisas rápidas, troca de impressões, resolução de problemas e debates. Diante disso, fazem-se necessárias novas formas de pensar o espaço, o tempo e as tecnologias para que essa tríade funcione como catalisador para o processo de ensino-aprendizagem no contexto educacional.
Abstract: The research has analyzed the perception of university students about the use of cell phones, including aspects which enable or hinder the process of teaching and learning in the classroom scope. The method employed is qualitative which provides deeper interpretation of aspects related to the behavior of an individual especially toward habits and attitudes associated with the categories of justification to the routine use and to the use of learning by means of the cell phone by the young scholars. The theoretical foundation is based on Bauman, Lévy, Castells, Lemos, Moran, Nicolaci-da-Costa and Masetto, among others. Twenty five Psychology students of a private higher education institution in Brasília – DF took part in the research. The data were collected through questioners and interviews of 03 (three) focal groups. The data analysis was referenced in Bardin's content analysis. Two categories emerged from the results: justification and learning. From these results, 07 (seven) primary and 05 (five) secondary subcategories were summed to. As examples of these subcategories there is the ubiquity, the connectivity, the sociability, the practicality, the dependence, the dispersions and the collaborativity, among others. The results indicate that the use of the cell phone in the classroom by the university students is a constant reality and although the professor is still considered the biggest source of knowledge, admit the use for fast researches, exchange of impressions, problems resolutions and debates. As a result, it is necessary new ways of thinking the space, the time and the technologies so that this triad works as catalysts for the teaching-learning process in the educational context.
Keywords: Educação
Tecnologia
Telefonia celular
Juventude
Ciberespaço
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Escola de Educação, Tecnologia e Comunicação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa Strictu Sensu em Educação
Citation: DOURADO, Carmen Dulce de Britto Freire. A percepção de jovens universitários sobre o uso do celular: potencialidades e fragilidades para a aprendizagem em sala de aula. 2015. 115 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/tede/1959
Issue Date: 21-Aug-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CarmenDulcedeBrittoFreireDouradoDissertacao2015.pdfDissertacao1.48 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.