Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/778
Type: Dissertação
Title: A educação superior e as políticas de formação docente : representações sociais por estudantes de licenciaturas
Author(s): Machado, Juliana Lacerda 
First Advisor: Guimarães-iosif, Ranilce Mascarenhas
First co-advisor: Paixão, Divaneide Lira Lima
Summary: Há décadas tem vigorado no Brasil a ideia de desvalorização da profissão docente. As discussões em torno da precarização do trabalho docente indicam que as licenciaturas constituem objeto legítimo de representações sociais (RS). O objetivo principal dessa investigação foi identificar as RS que estudantes dos cursos de licenciaturas de Ciências Biológicas e Letras elaboram sobre a educação superior e as políticas de formação docente. Trata-se de um estudo de caso qualitativo realizado em uma Universidade Pública localizada no Estado de Minas Gerais. Os dados foram coletados por meio de questionário e analisados a partir da Análise de Evocação (Doise, 2002) e Análise de Conteúdo (Bardin, 1979) com o auxílio dos softwares EVOC e ALCESTE. 39 sujeitos participaram desta pesquisa. Os resultados indicaram a existência de um campo comum que aproxima o pensamento dos estudantes de Ciências Biológicas e Letras, o qual comporta uma visão a respeito dos professores da educação básica carregada de marcas históricas da desvalorização da docência. Variações entre os grupos de participantes foram identificadas em decorrência dos objetivos profissionais. Enquanto os estudantes de Ciências Biológicas demonstraram desejo em cursar o bacharelado na intenção de se tornarem pesquisadores, parte dos estudantes do curso de Letras afirmou o desejo de se tornarem professores da educação básica. A conclusão sugere que as RS sobre a educação superior e as políticas de formação docente estão ancoradas em características e conceitos historicamente construídos acerca da licenciatura. A presença de uma representação negativa em relação às licenciaturas e às políticas de formação de professores está fundamentada em valores hegemônicos na sociedade contemporânea, que contribui para a crescente desvalorização das licenciaturas, precarização e intensificação do trabalho docente na educação básica. O estudo também chama atenção para a necessidade da criação e implementação de políticas de formação docente mais atrativas para os jovens, um desafio que precisa ser enfrentado com seriedade e urgência.
Abstract: The idea that teaching is devalued in Brazil has gained strength for many decades. The discussions around the precarization of teaching indicate that pre-service teaching degrees are legitimate objects of social representations (SRs). The main objective of this research was to identify the SRs that students of Biological Sciences elaborate on higher education and teacher education policies. This is a qualitative case-study conducted in a public university located in the state of Minas Gerais. Data was collected through a questionnaire and analyzed using evocation analysis (Doise, 2002) and content analysis (Bardin, 1979) with the aid of the EVOC and ALCESTE software programs. Thirty-nine subjects participated in this research. The results indicated the existence of a common ground between the thinking of Biological Sciences and Humanities students. This thinking is a snapshot of the situation of basic education teachers that is filled with the historical signs of the devaluation of teaching. Variations between groups of participants were identified as a result of professional goals. While Biological Sciences students demonstrated a desire to obtain a Bachelor's degree with the intention of becoming researchers, Humanities students stated the desire to become basic education teachers. The conclusion suggests that the SRs on higher education policies and teacher education are anchored in historically constructed features and concepts about the pre-service teacher degree. Negative conceptions affecting pre-service degrees and teacher training policies are based on hegemonic values in contemporary society that contribute to the increasing devaluation of these degrees. The study also underscores the need for the creation and implementation of teacher education policies that are more attractive to young people, a challenge that needs to be addressed with seriousness and urgency.
Keywords: gestão do conhecimento
tecnologia da informação
ensino superior
docência
formação
prática de ensino
representações sociais
higher education
teacher training policies
pre-service degrees
social representations
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Parents: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Educação
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: MACHADO, Juliana Lacerda. A educação superior e as políticas de formação docente : representações sociais por estudantes de licenciaturas. 2014. 232 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2014.
Access Type: Acesso Aberto
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/778
Document date: 29-May-2014
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliana Lacerda Machado.pdf1.49 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.