Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/663
Type: Dissertação
Title: O professor do 6º ano e suas concepções sobre afetividade : efeitos na prática docente e na aprendizagem
Author(s): Silva, Leandro Batista da 
First Advisor: Almeida, Sandra Francesca Conte de
Summary: Estudar o processo ensino-aprendizagem é refletir sobre os aspectos que interferem na constituição das principais pessoas envolvidas no processo: professor e aluno. Durante o processo de aprendizagem, professor e aluno desenvolvem trocas relacionais, profundamente influenciadas pelas questões da afetividade. É essencial, pois, que se busque conhecer as concepções que o docente, pessoa privilegiada na função de mediador do conhecimento, tem a respeito da afetividade. Vale ressaltar que as concepções são determinantes da ação e preditoras de comportamento; em virtude disso, estudar as concepções docentes sobre afetividade esclarece muitos acontecimentos que têm a sala de aula como locus. A afetividade, não raro, é compreendida, no contexto educacional, de forma contraditória. Por vezes, acredita-se que seja somente emoções (expressões plásticas), ou somente sentimentos (representação psicologizada); não se percebe que emoção e sentimento são, em conjunto com as paixões, as bases da afetividade, não podendo ser, sozinhas, afetividade em si. Este estudo pesquisou as concepções que professores do 6º Ano do Ensino Fundamental, de uma escola militar, têm a respeito da afetividade e de seus efeitos nas práticas pedagógicas e na aprendizagem dos alunos. A base teórica são os pressupostos de Henri Wallon. Utilizou-se, como instrumento de coleta e construção dos dados, a entrevista semiestruturada. Após a análise e discussão dos dados, constituíram-se os seguintes núcleos de significação e sentido: Os interesses e motivações do docente em trabalhar no 6º Ano do Ensino Fundamental, 'Meu aluno : a pessoa que está no 6º Ano do Ensino Fundamental, O lugar da afetividade na formação dos professores do 6º Ano do Ensino Fundamental, O professor do 6º Ano do Ensino Fundamental e suas concepções sobre afetividade , Manifestações de afetividade na escola, Afetividade, aprendizagem e relação professor-aluno e Afetividade e a prática do docente do 6º Ano do Ensino Fundamental. A partir dessa análise, apreenderam-se, no discurso docente, suas concepções acerca da afetividade e seus efeitos no processo ensinoaprendizagem. As conclusões do estudo apontam que os professores têm uma visão contraditória sobre a afetividade, associando-a ora à emoção, ora ao sentimento (ainda que não percebam essa dualidade). Eles não se dão conta, em seus relatos, de que emoções e sentimentos, tomados isoladamente, não expressam toda a gama possível da afetividade. É perceptível, também, nos relatos dos professores, a crença de que o aspecto cognitivo e o afetivo tendem a não se afetarem mutuamente, ocupando espaços distintos no processo ensino-aprendizagem. Chama a atenção, ainda, na análise dos dados, o fato de conceberem que a afetividade influencia na aquisição de conhecimento por parte do aluno, mas de não conseguirem explicitar, em seus discursos, como isso pode ser potencializado, de forma concreta, em sua práxis docente.
Abstract: Studying the teaching-learning process is reflecting on aspects that affect the formation of the people involved in the process: teacher and student. During the process of learning, teachers and students develop relational exchanges, deeply influenced by the issues of affectivity. It is essential therefore that one tries to know the concepts that teachers, privileged people in the role of the mediator knowledge, have about the concept of affectivity. It is noteworthy that the concepts are decisive action and predictors of behavior, according to that, study the conceptions about teaching affectivity accounts for many events that have the classroom as a locus. The affectivity, not rarely, is understood in educational contexts as contradictory ways. Sometimes, it is believed to be only emotions (plastic expressions), or just feelings (psychologized representation). It is not possible to realize that emotions and feelings are, together with the passions, the foundations of affectivity. It can not be alone, affectivity itself. This study investigated the conceptions that teachers of the 6th grade of a military school have about affectivity and about their effects on teaching practices and student learning. The theoretical assumptions are based on Henri Wallon s studies. Semistructured interviews were used as instruments of data collection. After the analysis and discussion of data, the following clusters of meaning were constituted: "The interests and motivations of teachers to work in the 6th grade", "'My student': the person who is in the 6th grade ", " The place of affectivity in the training of teachers in the 6th grade, "The teacher of the 6th grade and his conceptions about affectivity", "Manifestations of affectivity in school," "Affectivity, learning and teacher-student relationship" and "Affectivity and teacher practice in the 6th grade". From this analysis, the teacher s speech, his conceptions of affectivity and their effects on the teaching-learning process were observed. The study's findings indicate that teachers have a contradictory view, dialectic of affectivity (although they do notice this duality), associating it with either the affectivity or the feeling. It is not clear in their speeches that affectivity and feelings by themselves do not mean affectivity. Reports from teachers are the belief that the cognitive and affective domains tend not to affect one another, occupying different spaces in the teaching-learning process. In the reports, the teachers believe that affectivity influences the acquisition of knowledge by the student, but they can not explain in their speeches how this can be made concrete in their praxis teaching.
Keywords: prática de ensino
análise de interação em educação
aprendizagem
ensino fundamental
teaching
interaction analysis in education, learning, school
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Parents: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Educação
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: SILVA, Leandro Batista da. O professor do 6º ano e suas concepções sobre afetividade : efeitos na prática docente e na aprendizagem. 2011. 107 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2011.
Access Type: Acesso Aberto
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/663
Document date: 17-Jun-2011
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Leandro Batista da Silva.pdf1.23 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.