???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/38
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Filogeografia de caryocar villosum (aubl.) pers. (caryocaraceae) no baixo Rio Negro (AM) e subsídios para a sua conservação
???metadata.dc.creator???: Leite, Sue Ane de Athayde
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Collevatti, Rosane Garcia
???metadata.dc.contributor.referee1???: Grattapaglia, Dario
???metadata.dc.contributor.referee2???: Gribel, Rogério
???metadata.dc.contributor.referee3???: Hay, John Du Vall
???metadata.dc.description.resumo???: Caryocar villosum (Caryocaraceae) é uma árvore emergente de floresta de terra-firme da Amazônia ameaçada devido à fragmentação e desmatamento na região Amazônica. Este trabalho estudou a filogeografia de C. villosum com objetivo de testar a hipótese de que o Rio Negro é uma barreira geográfica para o fluxo gênico materno e de gerar informações úteis para estratégias de conservação. Folhas expandidas de 38 indivíduos, sendo 14 da margem direita e 24 da margem esquerda do Rio Negro, foram coletadas para extração do DNA. A filogeografia de C. villosum foi baseada no seqüenciamento de uma região não codificante de cloroplasto entre os genes trnT e trnF, amplificada com os primers "c-d". Os fragmentos amplificados foram seqüenciados e o alinhamento realizado por meio do programa ClustalX. Foram encontrados 33 diferentes haplótipos. A análise de variância molecular mostrou que a variabilidade genética entre indivíduos da mesma margem é maior que entre indivíduos das margens esquerda e direita. Adicionalmente, a análise de "median-joining network" não mostrou agrupamentos distintos para indivíduos de diferentes margens, sendo que haplótipos de ambas as margens apresentaram origem maternal comum. Além disso, vários haplótipos existem em ambas as margens, mas não foram encontrados haplótipos iguais nas diferentes margens. Estes resultados sugerem que diferentes linhagens maternais devem ter colonizado ambas as margens antes que o leito do Rio Negro tenha alcançado seu atual tamanho e que não estão ocorrendo eventos atuais de fluxo gênico materno entre as diferentes margens. Entretanto, o resultado encontrado pode estar sendo influenciado por homoplasia, provavelmente devido à ocorrência de mutações independentes, ou por outros fatores como a movimentação de populações humanas que podem dispersar as sementes. Planos de conservação para C. villosum devem considerar a ocorrência de diferentes haplótipos na mesma população para o desenho das Reservas visando à conservação in-situ e coleta de germoplasma para conservação ex-situ.
Abstract: Caryocar villosum (Caryocaraceae) is an Amazonian "terra-firme"emergent tree threatened because of Amazonia fragmentation and deforestation. This study examined the phylogeography of C. villosum to test the hypothesis that the Rio Negro is a geographical barrier to maternal gene flow and to generate useful information for conservation strategies. Expanded leaves of 38 individuals, 14 from the right margin and 24 from the left margin of the Negro River, were sampled for DNA extraction. The phylogeography of C. villosum was based on the sequencing of a chloroplast non-coding region between the genes trnT and trnF. The amplified fragments were sequenced and aligned using the software ClustalX. Thirty three different haplotypes were found. Analysis of molecular variance showed that genetic differentiation among individuals of the same margin was higher than among individuals from right and left margins. The median-joining network analysis did not show distinct clusters for individuals from different margin, and haplotypes from different margins presented common maternal origin. Additionally, we found many haplotypes occurring in both margins, but no haplotypes were shared among individuals from different margins. These results suggest that different maternal lineages may have colonized both margins before the Negro River attained its current basin size and that no recent events of maternal gene flow have been occuring between the margins. Nevertheless, the results could also be the outcome of homoplasy, probably due to independent mutations, or other factors such as human population movements, and consequent seed dispersal. Conservation planning for C. villosum may consider the occurence of different haplotypes in the same population for in-situ conservation in Reserves and for core collection for ex-situ conservation.
Keywords: caryocaraceae
conservação
filoseografia
cloroplasto
árvores - filogenia
proteção ambiental
genética de populações
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Ciências Genômicas, Genética Molecular e de Populações, Biotecnologia Molecular
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências Genômicas e Biotecnologia
Citation: LEITE, Sue Ane de Athayde. Filogeografia de caryocar villosum (aubl.) pers. (caryocaraceae) no baixo Rio Negro (AM) e subsídios para a sua conservação. 2002. 1 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Genômicas, Genética Molecular e de Populações, Biotecnologia Molecular) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2002.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/38
Issue Date: 1-Oct-2002
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências Genômicas e Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Resumo - Sue Ane.pdf77.44 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.