???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/28
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Variações genéticas e endocruzamentos em populações brasileiras de quatro raças caninas com base na análise de marcadores microssatélites
???metadata.dc.creator???: Fagundes, Rodrigo Monteiro
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Grattapaglia, Dario
???metadata.dc.contributor.referee1???: Ferreira, Marcio Elias
???metadata.dc.contributor.referee2???: Caetano, Alexandre Rodrigues
???metadata.dc.description.resumo???: Diversas raças caninas no mundo tem apresentando um crescimento expressivo no número de animais registrados. Este crescimento demográfico tem sido acompanhado por um aumento na ocorrência de várias patologias que antes apresentavam casuística mais modesta. Vários fatores podem estar contribuindo para este aumento na ocorrência de patologias, mas certamente o componente genético relacionado ao incremento da endogamia é o mais determinante, agravado pelo problema da desorganização do sistema de registro genético e fraudes na declaração de parentesco. O foco central deste projeto foi a investigação dos padrões de variação genética e endogamia nas populações de algumas das principais raças caninas no Distrito Federal. Foram coletadas amostras de sangue de 385 animais ao acaso, evitando parentes de primeiro grau, pertencentes a quatro raças caninas que vem apresentando crescimento significativo no número de registros e uma incidência crescente de problemas genéticos. As amostras de DNA dos animais foram analisadas com dez locos microssatélites recomendados pela ISAG (International Society of Animal Genetics) para tipagem canina em um sistema multiplex com detecção fluorescente em sequenciador automático de DNA (ABI Stockmark Canine I). Bancos de dados de freqüências alélicas para cada raça foram gerados. Embora alguns alelos raça-específicos tenham sido observados, as diferenças significativas entre raças foram quanto às distribuições relativas das frequências alélicas. Os coeficientes de endocruzamento (f) multiloco foram significativamente maiores que zero (IC a 95% por "bootstrap") para Cocker Spaniel (f=0,06), Poodle (f=0,095) e Pastor Alemão (f=0,089), mas não para Rottweiler (f=-0,017). Para a população de Rottweiler a diversidade alélica e heterozigosidades foram significativamente menores do que para as demais raças. Embora este resultado indique uma base genética mais estreita para esta raça não foi detectado efeito significativo de deriva e/ou cruzamentos aparentados. Este resultado pode ser explicado pelo fato do interesse nesta raça ser mais recente coincidindo com uma intensa importação de animais de diversos países na formação dos planteis nacionais. Uma diferenciação genética significativa entre as raças foi verificada (Fst=0,145 entre as quatro raças) sendo que Cocker e Poodle são as raças geneticamente mais próximas (Fst=0,06 Dist. Nei =0,199) enquanto Rottweiler é a raça geneticamente mais distinta (Fst=0,28 em relação a Pastor Alemão). Este padrão de forte diferenciação indica um passado de isolamento genético, e intensa seleção artificial. O sistema multiplex de 10 locos mostrou-se altamente informativo para discriminação genética de animais. A heterozigosidade média dos dez locos para as quatro raças combinadas foi de 75%, a probabilidade de exclusão de paternidade da ordem de 99,4% e a probabilidade de identidade combinada da ordem de 1 em 100 bilhões para a média das quatro raças. A análise genética com marcadores microssatélites constitui, portanto, uma poderosa ferramenta para o estabelecimento de um sistema de gerenciamento e controle dos níveis de endocruzamento em programas de reprodução e introdução de novos animais.
Keywords: microssatélites
raças caninas
canis familiaris
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Ciências Genômicas, Genética Molecular e de Populações, Biotecnologia Molecular
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências Genômicas e Biotecnologia
Citation: FAGUNDES, Rodrigo Monteiro. Variações genéticas e endocruzamentos em populações brasileiras de quatro raças caninas com base na análise de marcadores microssatélites. 2002. 2 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Genômicas, Genética Molecular e de Populações, Biotecnologia Molecular) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2002.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/28
Issue Date: 31-Oct-2002
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências Genômicas e Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Resumo - Rodrigo.pdf82.15 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.