Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/239
Type: Dissertação
Title: A cooperação jurídica no direito internacional e o modelo brasileira : modalidades, atores e convenções
Author(s): Senna, Karina Custódio Zucoloto 
First Advisor: Godoy, Arnaldo Sampaio de Moraes
Summary: A integração e a troca de informações jurídicas entre os Estados é requisito primordial para efetividade da cooperação jurídica internacional. Sua necessidade é evidenciada quando se busca promover, de forma recíproca, a prevenção, a punição, a repatriação de bens de crimes como a lavagem de dinheiro, tráfico internacional de entorpecentes, de armas, além de possibilitar o cumprimento de decisões estrangeiras no território nacional, sejam ou não de cunho decisório/executório, como a localização e repatriação de menores, penhora ou seqüestros de bens, quebra de sigilo bancário e fiscal. A análise comparativa da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (até a EC n. 45/2004) e do Superior Tribunal de Justiça (após EC n. 45/2004) demonstra que a justiça brasileira tem se mostrado alinhada com o pensamento internacional em que, à guisa de interesses comuns, a união de esforços e a implementação de medidas internas para promover a cooperação jurídica internacional nos planos civil e penal tem merecido destaque em nossos tribunais. Destaque também há de ser dado ao Poder Executivo, que ao criar o COAF e o DRCI, viabilizou a possibilidade de instauração de processos criminais contra pessoas suspeitas de lavagem de dinheiro ao permitir o monitoramento bancário de operações suspeitas. O Poder Legislativo também deve ser lembrado ao permitir, com o referendum, que a República Federativa do Brasil contribua com a comunidade internacional ao ratificar convenções multilaterais de importância ímpar para a cooperação jurídica internacional como as Convenções da ONU contra o crime organizado, contra a corrupção e contra as drogas. Os meios diplomáticos e a previsão cada vez mais freqüente do instituto da autoridade central nos tratados internacionais também propugnam pela cooperação mais célere.
Abstract: Exchange of information and the integration among the States is a fundamental qualification for the effectiveness of the international juridical cooperation. Its necessity is quite evident whenever one tries to enhance, reciprocally, the prevention, the punishment and the repatriation of goods and means generated by white collar crimes, as money laundering, smuggling of drugs, weapons, as well as the possibility of enforcing foreigners decisions within the national territory, no matter its range, such as those related to bank and fiscal secrecy. The comparative analysis of the opinions of the Brazilian Supreme Court as well as the opinions of the Brazilian Superior Federal Law Court brings evidence to the idea that the Brazilian law enforcement has been whitin to the main stream international thought related to commons concerns as for the implementation of internal measures designed to improve the international forensic cooperation both in the criminal and civil matters. The thesis also highlights the Brazilian Executive branch, which has allowed the opportunity for criminal procedure against suspects of money laundering, due to the monitoring of suspicious banking transactions. The Legislative branch is also mentioned for its authorization, via referendum, that the Republic Federative of Brazil concurs with the international community as long as it can ratify multilateral agreements of unique importance such as the UN Convention against organized crime, corruption and drug smuggling. The diplomatic means and the everlasting provision for a central authority on the scenario of international treaties also do concur for a more rapid pattern of cooperation.
Keywords: cooperação internacional
jurisprudência Brasil
direito Internacional econômico
international juridical cooperation
opinions
brazilian supreme court
brazilian superior federal law court
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO
Language: por
Parents: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Direito
Program: Programa de Pós-Graduação em Direito
Citation: SENNA, Karina Custódio Zucoloto. A cooperação jurídica no direito internacional e o modelo brasileira : modalidades, atores e convenções. 2010. 187 f. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2010.
Access Type: Acesso Restrito
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/239
Document date: 24-May-2010
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Karina Custodio Zucoloto Senna.pdf1.38 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.