???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1878
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: O sofrimento psíquico da mulher no pós-parto: uma expressão de resistência ao modelo tradicional de maternidade
???metadata.dc.creator???: Ramos, Flávia Regina Agra da Silva 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Almeida, Tânia Mara Campos de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Arrais, Alessandra da Rocha
???metadata.dc.contributor.referee2???: Pereira, Ondina Pena
???metadata.dc.contributor.referee3???: Segato, Rita Lauro
???metadata.dc.description.resumo???: Esta dissertação teve como objetivo refletir sobre o sofrimento psíquico vivenciado por muitas mulheres burguesas modernas no período pós-parto, nomeado pelo modelo biomédico por depressão pós-parto . Ao contrário da maioria das pesquisas realizadas sobre o tema - que associa o fenômeno às alterações fisiológicas relacionadas ao parto, a uma suposta fragilidade emocional comum às mulheres e a história familiar e subjetiva da puérpera buscamos compreender o sofrimento psíquico da mulher neste período sob uma perspectiva diferenciada, propondo que tal sofrimento é apenas uma das muitas dimensões possíveis da vivência da maternidade. Para tanto, investigamos como foi criado o modelo de boa mãe imposto à mulher burguesa moderna, a partir de autores que se dedicaram a estudar os aspectos socioculturais e econômicos que influenciaram, nos últimos três séculos, a construção da família burguesa. Entramos em contato com a cultura Xavante, na qual as mulheres vivenciam a maternidade em contexto político, econômico, social e cultural bastante distinto daquelas burguesas dos grandes centros urbanos, com a intenção de relativizar os conceitos da sociedade moderna que tende a universalizar os valores que norteiam a vivência da gestação-parto e puerpério na sociedade de produção. Por fim, propomos que este fenômeno seja compreendido como uma forma da mulher expressar sentimentos banidos pela sociedade simulacral, nos termos que Baudrillard a define, e de resistir ao modelo tradicional de maternidade
Abstract: This study had the aim to reflect on the by the modern woman after giving birth, particularly the one interpreted by the current biomedical paradigm as postnatal depression . On the contrary of the majority of researches about the issue which associate the phenomenon to physiological alterations related to birth and a supposed emotional fragility characteristic of women we prefer to understand this psychic postnatal suffering as one amongst other possible dimensions of the maternity experience. Our approach is based on the ideas of authors who have studied the social and economical aspects which influenced, during the last three centuries, the construction of the notion of bourgeois family, as well as how the model of the good mother (according to Rousseau) was created in history and then, imposed to the modern woman. To complement this bibliographic survey, we conducted a brief field research with Xavante Indians, in order to get to know how women in this tribe experience maternity, given that their cultural context is completely different from the urban one. The parallel between these two cultures allowed us to elaborate a critical discussion of the modern urban values that guide the experience of the contemporary maternity
Keywords: Maternidade
Sofrimento psíquico no pós-parto
Depressão pós-parto
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Psicologia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: RAMOS, Flávia Regina Agra da Silva. O sofrimento psíquico da mulher no pós-parto: uma expressão de resistência ao modelo tradicional de maternidade. 2006. 198 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2006.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1878
Issue Date: 8-Dec-2006
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Texto Completo.pdf878.43 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.