Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1713
Type: Dissertação
Title: A gestão dos sistemas coletivos de irrigação do Distrito Federal: o estudo de caso do Canal do Embiruçu
Author(s): Rancan, Luiz
First Advisor: Albuquerque, Flávio Giovanetti
???metadata.dc.contributor.referee1???: Rocha, Antônio José Andrade
???metadata.dc.contributor.referee2???: Faria, Sueli Corrêa de
Summary: Os sistemas coletivos de irrigação do Distrito Federal envolvem extensas áreas cultivadas, volumes significativos de água utilizada, produção de grande variedade de hortaliças e frutas, e tem significado sócio-ambiental bastante representativo. A expansão da agricultura irrigada pretendida tanto nos programas de governo, como pelos produtores rurais, se defronta com o problema da disponibilidade de água, em muitos casos já esgotada durante os meses mais críticos da estiagem anual que caracteriza o clima da região. Nesse sentido, se faz necessário mudar o paradigma de desenvolvimento, de expansão da oferta para o da gestão integrada, onde o ponto focal está em programas de conservação e racionalização do uso da água. A experiência internacional vem corroborar com essa mudança de paradigma, onde agências de desenvolvimento de recursos hídricos tiveram seu mandato alterado para agências voltadas para a conservação e uso racional da água. A proposta de gestão para os sistemas coletivos de irrigação, tendo como estudo de caso o canal do Embiruçu, visa enfatizar a necessidade de implementar ações voltadas para o uso mais eficiente da água através de obras e programas voltados para o seu uso sustentável. A ação do Estado como indutor e regulador da política de gestão da água na agricultura, deverá estar voltada para a geração de métodos de produção compatíveis com os requerimentos de proteção ao meio ambiente e à manutenção das condições de vida das comunidades rurais. A aplicação dos instrumentos legais da outorga e da cobrança pelo uso da água visa disciplinar o acesso a este recurso, atendendo os princípios da equidade e da supremacia do uso coletivo sobre o individual. Por outro lado a agricultura irrigada, setor responsável pelo maior consumo de água, é também causador de grave degradação e muito desperdício. Os sistemas coletivos de irrigação, apesar de sua reconhecida importância na produção de hortifrutigranjeiros e do seu significado sócio-econômico, estão em grande parte, em processo de degradação de suas estruturas, e desorganização dos usuários, com a ocorrência de graves discórdias entre eles. Isto é um alerta para a necessidade de recuperar e revitalizar esses sistemas. Para tanto, a prática da agricultura sustentável, onde não só devem ser ressaltados o uso e abuso da terra, do trabalho e dos trabalhadores, mas também o caráter limitado e vulnerável da natureza; e a ação do Estado visando o estímulo e apoio dos agricultores através de programas de ajuda financeira e de educação voltados para práticas sustentáveis de manejo da água e do solo, para o uso eficiente de tecnologias inovadoras, e do exercício da cidadania participativa na gestão integrada da água.
Keywords: irrigação
canal do Embiruçu
recursos hídricos - administração
água
irrigação
CNPq: CNPQ::OUTROS
Language: por
Parents: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Gestão Ambiental
Program: Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão Ambiental
Citation: RANCAN, Luiz. A gestão dos sistemas coletivos de irrigação do Distrito Federal: o estudo de caso do Canal do Embiruçu. 2003. 1 f. Dissertação (Mestrado em Gestão Ambiental) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2003.
Access Type: Acesso Aberto
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1713
Document date: 19-Feb-2003
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Resumo Luiz Rancan.pdf30.45 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.