???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1690
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorAraujo, Maria Cristinapt_BR
dc.contributor.advisor1Albuquerque, Flávio Giovanettipt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4783881J9por
dc.contributor.referee1Faria, Sueli Corrêa dept_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4799109Z5por
dc.date.accessioned2016-06-24T04:21:46Z-
dc.date.available2004-07-06pt_BR
dc.date.issued2003-09-14pt_BR
dc.identifier.citationARAUJO, Maria Cristina. A gestão de áreas de proteção ambiental e a participação de organizações da sociedade civil: estudo de caso do Setor de Mansões Park Way, Distrito Federal. 2003. 1 f. Dissertação (Mestrado em Gestão Ambiental) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2003.por
dc.identifier.uri https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1690-
dc.description.resumoTendo como estudo de caso o Setor de Mansões Park Way (SMPW), Distrito Federal, é analisado o conflito de gestão do poder público na articulação entre planejamento territorial urbano e legislação de proteção ambiental. O estudo do conflito de gestão baseou-se sobretudo em análise documental. Os resultados da pesquisa demonstraram loteamentos em áreas de preservação permanente e a necessidade de revisão do macrozoneamento e alguns conceitos constantes no Plano Diretor de Ordenamento Territorial, para integrar adequadamente a política ambiental. Diante da crise do Estado, evidenciada, na implementação da política ambiental, pela incapacidade do Estado em fazer frente às demandas provenientes da sociedade e por ele mesmo provocadas, é analisado o modelo de gestão compartilhada com Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público, apresentado como alternativa no contexto da reforma do Estado. Em relação a este tópico, a coleta dos dados sobre as dificuldades e potencialidades da aplicação deste modelo foi feita a partir da percepção das próprias organizações do terceiro setor, por meio de entrevista semi-estruturada. A pesquisa demonstrou que as organizações percebem este modelo como um avanço. Entretanto, várias dificuldades foram identificadas, como a necessidade de aprimoramento do marco regulatório relativo à gestão das áreas de proteção ambiental e deficiências institucionais que limitam a capacidade das instituições públicas de cumprir o seu papel na gestão compartilhada.por
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttps://bdtd.ucb.br:8443/jspui/retrieve/3674/Resumo%20Maria%20Cristina.pdf.jpg*
dc.thumbnail.urlhttps://200.214.135.178:8443/jspui/retrieve/8676/Resumo%20Maria%20Cristina.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Católica de Brasíliapor
dc.publisher.departmentGestão Ambientalpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUCBpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão Ambientalpor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectproteção ambiental;por
dc.subjectsetor de mansões Park Waypor
dc.subjectGestão ambiental;por
dc.subjectMeio ambiente -Planejamento -Distrito Federal (Brasil)por
dc.subjectSociedade civilpor
dc.subject.cnpqCNPQ::OUTROSpor
dc.titleA gestão de áreas de proteção ambiental e a participação de organizações da sociedade civil: estudo de caso do Setor de Mansões Park Way, Distrito Federalpor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Resumo Maria Cristina.pdf28.31 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.