???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1677
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Conflitos sócio-ambientais decorrentes da bubalinocultura em territórios pesqueiros artesanais: o caso Olinda Nova do Maranhão
???metadata.dc.creator???: Bernardi, Cristina Costa
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Faria, Sueli Corrêa de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Leite, Laércio Leonel
???metadata.dc.contributor.referee2???: Furtado, Eliane Dayse
???metadata.dc.description.resumo???: Esta dissertação aborda os conflitos sócio-ambientais relacionados com a bubalinocultura e a pesca artesanal no território Campos e Lagos, no município de Olinda Nova do Maranhão, bem como suas implicações na atual ocupação do solo, fornecendo subsídios para a tomada de decisões e formulação de políticas públicas. Apresenta uma caracterização da criação de búfalos e da pesca artesanal; sua contextualização no território, reconhecido como fonte de identidade de indivíduos e grupos sociais; a base legal referente aos conflitos; e recomendações para superação dos mesmos. O procedimento metodológico utilizado foi o estudo de caso, que abrangeu dois tipos de pesquisa: uma documental e outra de campo, em que a principal fonte de informação foram entrevistas semi-estruturadas com pescadores artesanais, proprietários rurais e outros atores sociais atuantes no território. A análise dos conflitos foi feita com base na abordagem sociológica das Lógicas de Ação, a qual define que não é possível analisar o comportamento dos atores sócio-ambientais descontextualizado da situação que os envolve. O território estudado faz parte de um sítio Ramsar (sítio de importância internacional) e está inserido na Área de Proteção Ambiental (APA) da Baixada Maranhense, cenário onde se concentram cerca de 70-90% dos búfalos do Maranhão. Para a introdução da bubalinocultura na Baixada, no final dos anos 1950 e início dos anos 1960, observou-se que não houve um planejamento estruturado, que permitisse prever os impactos sociais e ambientais que o animal exótico causaria em um ambiente ecologicamente sensível, com predominância, por identidade, da atividade pesqueira artesanal. A bubalinocultura acentuou os conflitos fundiários na região. Como não estão definidas oficialmente as áreas públicas e privadas na Baixada e não se faz respeitar a legislação ambiental, o avanço de cercas sobre os campos naturais, para a criação extensiva de búfalos, vem reduzindo as áreas utilizadas para cultivo de subsistência e dificultando o acesso de comunidades pesqueiras aos lagos. Por comprometer o futuro dessas comunidades e pelos impactos ambientais causados, é urgente que a criação bubalina seja submetida a um manejo adequado à capacidade de suporte da área. Concluiu-se que os conflitos sócio-ambientais estudados possuem relação direta com a falta de diretrizes de ordenamento territorial; elevada concentração fundiária presente no Estado do Maranhão; e ineficiência na aplicação e fiscalização da legislação. Por ser uma exigência legal e uma forma potencial de superação de conflitos, recomendou-se a elaboração urgente do Plano de Manejo da APA da Baixada Maranhense, que deve gerar um processo socialmente construído, a partir da mediação de conflitos e articulação de compromissos entre os diversos atores sociais que atuam na área
Keywords: Meio ambiente Maranhão (Estado); Pesca artesanal; Búfalo criação; Conflito social
meio ambiente Maranhão (estado); pesca artesanal; búfalo criação; conflito social
meio ambiente
conflitos sócio-ambientais
bubalinocultura
pesca artesanal
Baixada Maranhense
Olinda Nova do Maranhão
environment
socio-environmental conflicts
buffalo rearing
artisan fishing
Baixada Maranhense
Olinda Nova do Maranhão
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Gestão Ambiental
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão Ambiental
Citation: BERNARDI, Cristina Costa. Conflitos sócio-ambientais decorrentes da bubalinocultura em territórios pesqueiros artesanais: o caso Olinda Nova do Maranhão. 2005. 216 f. Dissertação (Mestrado em Gestão Ambiental) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2005.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1677
Issue Date: 12-Dec-2005
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAcao FINAL.pdf3.09 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.