???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/158
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Caracterização de genes análogos de resistência (RGAs) em cultivares de Musa acuminata contrastantes em resistência à estresses bióticos.
???metadata.dc.creator???: Emediato, Flávia Leonel 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Miller, Robert Neil Gerard
???metadata.dc.contributor.referee1???: Noronha, Eliane
???metadata.dc.contributor.referee2???: Bertioli, David
???metadata.dc.description.resumo???: Muitos cultivares de bananas (Musa spp.) são triplóides estéreis ou diplóides e sua evolução acontece somente por meio de mutação somática. Como conseqüência, nesta cultura pode faltar resistência a pragas e doenças. Vários genes de resistência (R genes) foram caracterizados em plantas, conferindo resistência a bactérias, fungos, nematóides e vírus. A caracterização de genes análogos de resistência (RGAs) foi realizada em cultivares de Musa acuminata contrastantes em resistência à doença Sigatoka negra causada pelo fungo Mycosphaerella fijiensis. O trabalho foi direcionado para as famílias de R genes NBS-LRR e família LRR extracelular com domínio transmembrana ligado a uma ser/thr quinase no citoplasma (RLK). Primers desenhados em trabalhos anteriores para NBS-LRR em banana geraram cerca de 200 sequências organizadas em 38 contigs com similaridade à RGAs desta classe. A diferenciação de contigs com base nos genótipos não foi observada, mostrando em um mesmo contig sequências provenientes tanto de cultivares resistentes à Sigatoka negra, como suscetíveis. As análises também foram realizadas para produtos amplificados por meio de primers direcionados à RLK, gerando 65 ORFs completas. Foi observada uma elevada porcentagem de clones seqüenciados que obtiveram similaridade à duas das famílias de R genes contendo quinase (RLK e STK) e mais uma vez a diferenciação dos contigs de proteínas Quinase não pôde ser feita com base em cultivares resistentes e suscetíveis a Sigatoka negra. A análise filogenética foi desenvolvida por máxima parcimônia com bootstrap 1000 réplicas, demonstrando alta divergência entre as sequências de RGAs tanto de NBS-LRR, quanto de RLK. A identificação e clonagem de R genes em Musa proporcionará novas oportunidades em potencial para o melhoramento genético através de seleção assistida por marcadores e modificação genética.
Abstract: Many cultivars of bananas (Musa spp.) are triploid or sterile diploid and their evolution occurs only through somatic mutation. As a result, this culture may lack resistance to pests and diseases. Several resistance genes (R genes) have been characterized in plants, conferring resistance to bacteria, fungi, nematodes and viruses. The characterization of resistance gene analogues (RGAs) was held in Musa acuminata cultivars contrasting in resistance to Black Sigatoka disease caused by Mycosphaerella fijiensis. The work was directed to the families of R genes NBS-LRR and family of extracellular LRR transmembrane domain linked to a Ser / Thr quinase in the cytoplasm (RLK). Primers designed in previous work for NBS-LRR generated about 200 sequences organized into 38 contigs with similarity to RGAs in this class. The differentiation of contigs based on the genotypes was not observed, showing in the same contig sequences from both cultivars resistant to Black Sigatoka, as susceptible to it. The tests were also performed for products amplified by primers directed to RLK, generating 65 complete ORFs. There was a high percentage of clones sequenced that obtained similarity to two families from genes containing kinase (RLK and STK) and once again the differentiation of protein kinase contigs could not be made based on cultivars resistant and susceptible to Black Sigatoka . Phylogenetic analysis was carried out by maximum parsimony with bootstrap 1000 replicates, showing high divergence between the sequences of RGAs both NBS-LRR, RLK how much. The identification and cloning of R genes in Musa offer new potential for genetic improvement through marker-assisted selection and genetic modification.
Keywords: RGA
estresses bióticos
resistência
Musa acuminata
RGA
biotic stress
resistance
Musa acuminata
Bananas - resistência à doenças e pregas
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
???metadata.dc.publisher.initials???: UCB
???metadata.dc.publisher.department???: Ciências Genômicas, Genética Molecular e de Populações, Biotecnologia Molecular
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Ciências Genômicas e Biotecnologia
Citation: EMEDIATO, Flávia Leonel. Caracterização de genes análogos de resistência (RGAs) em cultivares de Musa acuminata contrastantes em resistência à estresses bióticos.. 2009. 96 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Genômicas, Genética Molecular e de Populações, Biotecnologia Molecular) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2009.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/158
Issue Date: 18-Dec-2009
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências Genômicas e Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Texto completo Flavia Emediato - 2009.pdf3.62 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.