Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1082
Type: Dissertação
Title: Associação entre o polimorfismo I/D no gene da enzima conversora de angiotensina e a potência aeróbia em idosas
Author(s): Leite, Tailce Kaley Moura 
First Advisor: Oliveira, Ricardo Jacó de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Pereira, Rinaldo Wellerson
???metadata.dc.contributor.referee2???: Marques, Martim Bottaro
???metadata.dc.contributor.referee3???: Campbell, Carmen Silvia Grubert
Summary: O envelhecimento é um processo dinâmico e progressivo, no qual ocorrem modificações fisiológicas que acarretam perda progressiva na capacidade de adaptação do indivíduo ao meio-ambiente. Dentre estas, há uma diminuição da capacidade cardiovascular e respiratória, acompanhada pelo risco aumentado de desenvolvimento de doenças cardiovasculares e diminuição da qualidade de vida. A potência aeróbia é influenciada por fatores ambientais e genéticos, e pode estar associada ao gene da enzima conversora de angiotensina (ECA), o qual codifica a enzima conversora de angiotensina, participante do sistema renina angiotensina. Portanto, este estudo teve o objetivo de verificar a associação entre o polimorfismo ID do gene da ECA e o fenótipo de potência aeróbia (VO2pico) em 189 idosas brasileiras (65,84±4,94 anos). O nível de atividade física das participantes foi avaliado pelo IPAQ e também foi utilizado um questionário de caracterização amostral. Além disso, a composição corporal foi avaliada por DXA e a potencia aeróbia foi determinada por ergoespirometria direta em um teste incremental máximo na esteira em protocolo de rampa com duração média de 9 minutos. DNA genômico de alto peso molecular foi extraído dos leucócitos do sangue utilizando-se o método salting out e o polimorfismo ID foi identificado por PCR acrescida de PCR-confirmatória. Para verificar a associação entre o VO2pico e o polimorfismo ID foi realizada uma ANCOVA incluindo idade, MLG total e percentual de gordura como covariantes. A distribuição genotípica do polimorfismo ID estava de acordo com o esperado pelo equilíbrio de Hardy-Weinberg, no entanto, não foram observadas diferenças significativas na potência aeróbia entre os genótipos (II, ID e DD), p = 0,349. Portanto, conclui-se que não há associação entre o polimorfismo ID do gene da ECA e o fenótipo de potência aeróbia (VO2pico).
Abstract: Aging is a dynamic and progressive process in which occurs physiologic modifications that induces a progressive loss in individual s environment adaptation capacity. Among these modifications, there is a decrease in cardiorespiratory capacity, an increased risk of the development of cardiovascular diseases, and a decrease in quality of life. Aerobic power is influenced by environmental and genetic factors, and it could be associated to angiotensin converting-enzyme (ACE) gene, which codifies the ACE, a component of the rennin angiotensin system. Therefore, this study had the purpose of verifying the association between ACE genotype insertion/deletion (ID) polymorphism and the phenotype of aerobic power (VO2peak) in 189 Brazilian elderly women (65,84 ± 4,94 yrs). Physical activity level was assessed by the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ). Also, a questionnaire was applied for sample characterization. Body composition was assessed by DXA and aerobic power was determined by indirect calorimetry during a maximal graded exercise test (GXT) using a ramp protocol with mean duration time of 9 minutes. Genomic DNA of high molecular weight was extracted from the blood leucocytes by salting out method and ID polymorphism was identified by PCR followed by a confirmatory-PCR. An ANCOVA was used to verify the differences on VO2peak among ACE genotype groups. Age, fat free mass, and percent body fat were used as covariates. The ID polymorphism genotype frequencies found were in agreement with the expected for Hardy-Weinberg s equilibrium, although significant differences on aerobic power were not observed among II, ID and DD genotypes (p = 0,349). In conclusion, there is no association between ACE gene ID polymorphism and the phenotype of aerobic power (VO2peak).
Keywords: ECA
polimorfismo ID
potência aeróbia
idosas
ACE
ID polymorphism
aerobic power
elderly women
exercícios físicos idosos; polimorfismo (Genética); enzima
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Language: por
Parents: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Educação Física
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citation: LEITE, Tailce Kaley Moura. Associação entre o polimorfismo I/D no gene da enzima conversora de angiotensina e a potência aeróbia em idosas. 2008. 85 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2008.
Access Type: Acesso Aberto
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1082
Document date: 25-Mar-2008
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Texto Completo.pdf669.46 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.