Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1055
Type: Dissertação
Title: Efeitos fisiológicos agudos da associação de taurina e cafeína contida em uma bebida energética em indivíduos fisicamente ativos
Author(s): Dall agnol, Tatyana Moral 
First Advisor: Souza, Paulo Fernando Araujo de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Marques, Martim Bottaro
???metadata.dc.contributor.referee2???: Barros Neto, Turibio Leite de
Summary: Segundo a Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, bebidas energéticas são identificadas como Compostos Líquidos Prontos para o Consumo, sendo estas constituídas de carboidratos, taurina, cafeína, glucoronolactona, inositol e vitaminas do complexo B. Dado o pequeno número de estudos sobre o uso de taurina contida em bebidas energéticas relacionados com a melhora de desempenho, este trabalho teve como objetivo analisar as respostas metabólicas e hemodinâmicas decorrentes da administração da associação de taurina cafeína durante teste ergoespirométrico em indivíduos fisicamente ativos. Para este fim, 20 indivíduos do sexo masculino, 26 ± 4,32 anos e índice de massa corporal 23,79 ± 2,95, praticantes de atividades aeróbicas, foram submetidos a duas sessões de testes em cicloergômetro ligado a analisador metabólico de gases. O esquema das sessões foi duplo cego, nas quais 60 minutos antes do início dos testes foram ingeridas bebida experimental ou bebida placebo. Durante os testes, foram mensuradas freqüência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD), lactato sanguíneo (Lac), percepção subjetiva de esforço por escala de Borg (PSE), consumo máximo de oxigênio (VO2máx), consumo de oxigênio no ponto de compensação respiratório (RCP), tempo de exercício (TE) e Potência (P). Para a análise dos dados foi realizado um teste t pareado (p≤0,05 ). Os resultados de VO2máx e RCP não demonstraram diferença significativa (p = 0,28 e p=0,65). Também não houve diferença significativa para PAS (p=0,84), FC (p=0,85) e PSE (p=0,38). Os resultados de lactato sanguíneo não demonstraram diferença estatística significativa em nenhum dos três momentos mensurados: LACf (p=0,25), LAC 4 (p=0,39) e LAC 9 (p=0,74). No tempo de exercício, p=0,97 e na potência, os resultados indicaram que houve aumento de 10 watts com a administração da bebida experimental, contudo sem significância estatística (B1: 342 ± 40,60; B2: 332,50±56,83; p=0,21). Os principais resultados deste estudo indicam que a administração de taurina contida em bebida energética não influenciou os resultados das variáveis investigadas. Assim, podemos concluir que a dose de 2g utilizada não foi capaz de aumentar o desempenho.
Keywords: bebidas energéticas
desempenho
nutriente metabolismo
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Language: por
Parents: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Educação Física
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citation: DALL AGNOL, Tatyana Moral. Efeitos fisiológicos agudos da associação de taurina e cafeína contida em uma bebida energética em indivíduos fisicamente ativos. 2006. 98 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2006.
Access Type: Acesso Aberto
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1055
Document date: 22-Jun-2006
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Tatyana Moral.pdf1.72 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.