Export ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1046
Type: Dissertação
Title: Protocolo para determinação do limiar anaeróbio em mulheres praticantes de spinning
Author(s): Arantes, André Almeida Cunha 
First Advisor: Herrera, José Juan Blanco
???metadata.dc.contributor.referee1???: Marques, Martim Bottaro
???metadata.dc.contributor.referee2???: Bezerra, Armando José China
Summary: Durante muitos anos, o VO2max foi tido como o parâmetro mais importante para predição da performance atlética e para a determinação das zonas de treinamento. Atualmente, o Limiar Anaeróbio goza de aceitabilidade para estes fins, principalmente, para avaliar atividades de resistência. As metodologias mais utilizadas para determinação do Limiar Anaeróbio, coleta de sangue para a determinação da concentração de lactato e a análise de gases, não são acessíveis devido ao seu custo. Na ânsia de tornar estes resultados acessíveis a um número maior de pessoas, propusemos um protocolo para determinação do Limiar Anaeróbio, utilizando apenas bicicleta estacionária e monitor cardíaco e, portanto, de baixo custo. O protocolo consistiu na determinação da freqüência cardíaca média obtida ao final de um período de 30 minutos, pedalando na máxima intensidade possível, de forma contínua e homogênea (T 30). Este estudo avaliou 22 alunas de Spinning, saudáveis e treinadas. Cada voluntária selecionada pedalou de acordo com a própria percepção de esforço em carga tolerável por 30 . Estes dados foram comparados com os valores obtidos a partir do limiar anaeróbio calculado por metodologia de análise de gases. Os resultados mostraram uma boa correlação entre a média das freqüências cardíacas do teste T 30 para Spinning e o limite superior do R2 calculado à partir do L.A. (teste de Pearson) de r=0.72 (p<0.0001). O teste de Kolmogorov-Smirnov foi usado para verificar a normalidade e os valores de p obtidos a partir do protocolo de trocas gasosas e o protocolo T 30 (0,916 e 0,779, respectivamente) confirmaram a distribuição normal. Assim, o Teste t de student foi utilizado para comparar os resultados obtidos pelos dois testes, adotando nível de significância de 5% (P<0,05). A diferença das médias das freqüências cardíacas mencionadas anteriormente não foi significativa (P = 0,636). Portanto, este estudo mostrou que o protocolo T 30 fornece os mesmos resultados em relação ao limite superior de R2 que os obtidos com a técnica das trocas gasosas, podendo ser utilizado para determinação da intensidade de treinamento na atividade de Spinning. O baixo custo do protocolo proposto representa uma contribuição para os profissionais da área, pois estes poderão utilizar um índice fisiológico acessível para prescrição das cargas de trabalho no Spinning.
Abstract: For many years, the VO2 has been considered the most important parameter for prediction of athletic performance, as well as for determining the zones for training. Nowadays, the Anaerobic Threshold is well accepted, especially when dealing with endurance activities. The most popular methodologies for knowing the A.T.(blood colleting, for measuring the concentration of lactat and gas s analyses) are not accessible, due to their high cost. In order to make this results available to a larger number of people, we proposed a protocol for measuring the A.T., employing, only, a stationary bicycle and a heart rate monitor, and being, therefore, a low cost way. The register consisted in measuring the mean heart rate, taken at the end of a 30 minutes period, spinning at full effort, in a continuous and homogeneous rate (T 30). This research evaluated 22 healthy and well-trained practitioners of Spinning. Each volunteer spin according to its own perception of effort, with endurable charge of 30 . This data was compared with the numbers obtained from the A.T., calculated by the methodology of gas analyzes. The results showed a good correlation between the mean heart hate of the T 30 test for spinning and the superior limit of R2, calculated from the A.T.(Test of Pearson), r=0.72 p<0.0001). The test of Kolmogorov-Smirnov was used to check the values of p , obtained from the register of gassy exchanges, and the register T-30 (0,916, and 0,779, respectively), confirmed the normal distribution. So, the test of student was used to compare the results obtained from those two tests, adopting a level of importance of 5% (P<0,05). The difference between the two average cardiac frequencies mentioned earlier was not significative (P = 0,636). Therefore, this research showed that the T 30 protocol provides us the same results in relation to the superior limit of R2, as the ones obtained from the gassy exchanges. It can be used for measuring the intensity of training, in Spinning. The low cost of the protocol represents a contribution to the professionals of this area, since they will be able to use a physiological register, which is accessible, for the prescription of charge, in Spinning.
Keywords: educação física; fisiologia; exercícios físicos - mulheres
limiar anaeróbio
anaerobic threshold
spinning
T 30
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Language: por
Parents: BR
Publisher: Universidade Católica de Brasília
Institution Abbreviation: UCB
Department: Educação Física
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citation: ARANTES, André Almeida Cunha. Protocolo para determinação do limiar anaeróbio em mulheres praticantes de spinning. 2005. 114 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2005.
Access Type: Acesso Aberto
URI:  https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/1046
Document date: 24-Nov-2005
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
andre.pdf9.59 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.